,

Resumo Diário

,

arrow_forwardMais sobre

Repercutindo os dados positivos das economias norte-americana e da China, o Ibovespa voltou a registrar alta na sessão desta quinta-feira. O índice apresentou ganhos de 2,3%, aos 58.382 pontos, a maior elevação desde 13 de setembro, quando o índice subiu 3,40%. Esse forte aumento fez com que na semana o benchmark fechasse no azul com alta acumulada de 1,93%. Vale ressaltar que não haverá pregão na próxima sexta-feira, devido ao feriado de Finados. O giro financeiro foi de R$ 6,44 bilhões.

Com o adiamento dos dados econômicos das últimas sessões – por conta do furacão Sandy – a agenda norte-americana esteve repleta de indicadores. Por lá, a criação de empregos no setor privado dos EUA superou as expectativas, fazendo os pedidos de auxílio-desemprego virem abaixo do esperado. Por fim, a produtividade do trabalhador dos EUA avançou 1,9% no 3º trimestre.

Dados positivos na China animam
Enquanto isso, na Ásia, o sinal positivo foi predominante, após um indicador apontar a primeira expansão da indústria chinesa em três meses. O PMI da China, medido pelo HSBC, subiu para 49,5 em outubro – seu maior nível em oito meses – em comparação com a leitura final de 47,9 em setembro. Ainda que o índice continue em território contração, a alta é o mais recente sinal de recuperação da economia chinesa.

Pouco antes, o governo chinês publicou o PMI oficial do país, o qual aumentou para 50,2 em outubro, de 49,8 em setembro. Neste caso, o indicador sugeriu expansão da atividade, uma vez que ficou acima dos 50.

BB se destaca entre as altas
Em um dia positivo para o mercado, apenas cinco ações do índice fecharam em baixa. Entre os destaques de alta, estiveram os papéis do Banco do Brasil, com ganhos de 6,55%, aos R$ 23,09, seguidos pelas ações da Braskem , registrando alta de 5,81%, aos R$ 14,20.

Balanços e agenda movimentam sessão
Já no Brasil, a safra de resultados corporativos do terceiro trimestre foi bastante extensa, com a divulgação dos números de CSN, Gerdau, Metalúrgica Gerdau, Usiminas, Pão de Açúcar e Lojas Marisa. Os dados saíram entre a noite de quarta e a manhã de quinta-feira. Após o pregão, os investidores saberão o resultado trimestral da Eletropaulo.

No mercado doméstico, a agenda econômica trouxe o IPC-S da FGV, a produção industrial do IBGE, além de números sobre a balança comercial.

Dólar
O dólar comercial fechou em alta de 0,06% terminando a R$ 2,0315 na venda.

Renda Fixa
As taxas dos principais contratos de juros futuros fecharam perto da estabilidade. O contrato de juros de maior liquidez nesta quinta-feira, por sua vez, com vencimento em abril de 2013, registrou uma taxa de 7,10%, com queda de 0,01 ponto percentual abaixo em relação ao fechamento de quinta-feira.

PUBLICIDADE

No mercado de títulos da dívida externa, o título brasileiro mais líquido, o Global 40, fechou com alta de 0,02%, a 127,86% do valor de face. Já o indicador de risco-País fechou em queda de 1,32%, aos 150 pontos ante 152 pontos do fechamento anterior, com queda de dois pontos-base.