Resultados de SAP e BBVA vêm aquém do esperado; NEC reporta mais perdas

Lucro líquido da SAP cai 12%, enquanto no BBVA recuo chega a 94%; NEC reduz prejuízo com cortes de custos

SÃO PAULO – Dando sequência à temporada de divulgações de balanço corporativos, NEC Eletronics, SAP e BBVA reportaram seus resultados auferidos nos três últimos meses de 2009. 

A NEC, quarta maior produtora de chips do Japão, reduziu as perdas no terceiro trimestre fiscal, que corresponde ao período entre outubro e dezembro. O prejuízo líquido foi de ¥ 14,3 bilhões (US$ 160 milhões), comparado com o registrado no mesmo período de 2008, de ¥ 20,2 bilhões. 

Abaixo das estimativas
Já a alemã SAP, maior produtora mundial de softwares para gestão de negócios, viu seu lucro líquida cair 12% no trimestre em questão, chegando a € 727 milhões, ante € 830 milhões no ano anterior. O resultado ficou aquém das estimativas do mercado, que eram de € 736 milhões. No mesmo sentido, a receita também contraiu-se, chegando a € 3,2 bilhões – queda de 9%.

Segundo a companhia, é esperado um impulso nas vendas em 2010, após a queda nos resultados do quarto trimestre ter vindo como consequência do corte nos gastos dos consumidores em meio à crise global. 

Alta nas provisões
No entanto, o pior resultado veio do banco espanhol BBVA, cujo lucro líquido no trimestre chegou a recuar 94%, passando de € 519 milhões para € 31 milhões. Além de negativo, o número mostrou-se muito abaixo das expectativas, que giravam em torno de um lucro de € 1,07 bilhão.

De acordo com o comunicado do banco, os resultados foram afetados pelo aumento das provisões para devedores duvidosos no quarto trimestre de 2009, alcançando € 1,79 bilhões. Vale ressaltar que no mesmo período de 2008 as provisões somaram € 859 milhões.