Balanço da companhia

Klabin (KLBN11) lucra R$ 972 mi no 2º tri de 2022 e anuncia pagamento de dividendos

Empresa de papel e celulose soltou resultado na manhã desta quarta-feira (27)

Por  Equipe InfoMoney -

A Klabin (KLBN11) divulgou seus resultados na manhã desta quarta-feira (27), com lucro líquido de R$ 972 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), cifra 35% superior ao reportado em igual etapa de 2021.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 11% no 2T22, totalizando R$ 1,990 bilhão.

Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada atingiu 39% entre abril e junho, baixa de 5 pontos percentuais (p.p.) frente a margem registrada em 2T21.

O consenso Refinitiv projetava lucro de R$ 302 milhões, queda de 58% frente o 2T21, projeção de Ebitda de R$ 1,8 bilhão e de alta de 17% na base anual.

Segundo a empresa, o resultado é reflexo do maior volume de vendas e dos reajustes de preços implementados nos últimos trimestres em todas as linhas de negócio, que mais do que compensaram a pressão nos custos e a valorização do real frente ao dólar no período.

Leia também:

A receita líquida da Klabin somou R$ 5,039 bilhões no segundo trimestre de 2022, um crescimento de 24% na comparação com igual etapa de 2021, com crescimento consistente em todas as linhas de negócio.

O volume de vendas totalizou 1.009 mil toneladas no segundo trimestre de 2022, 7% acima do mesmo período do ano anterior. O volume vendido de celulose atingiu 424 mil toneladas no trimestre, 6% acima do 2T21, beneficiado pela alta produtividade da fábrica e sólida demanda, principalmente na Europa e EUA.

O retorno sobre capital investido (ROIC, na sigla em inglês) atingiu 18,6% no 2T22, estável em relação ao observado no mesmo trimestre do ano anterior.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 303 milhões no segundo trimestre de 2022, um aumento de 47% sobre as perdas financeiras registradas na mesma etapa de 2021.

A Klabin atribui o desempenho “principalmente ao aumento da taxa de juros atrelada a dívida em moeda local (CDI e IPCA) e estrangeira (Libor)”.

O custo caixa unitário total, que contempla a venda de todos os produtos da Klabin, foi de R$ 3.059/t no 2T22, 27% superior ao custo do mesmo período do ano anterior, excluindo o impacto da parada de manutenção da unidade Monte Alegre no 2T22

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 244 milhões no 2T22, um crescimento de 11% em relação ao mesmo período de 2021.

A Klabin investiu R$ 1,545 bilhão entre abril e junho deste ano, um avanço de 71% sobre a cifra investida no mesmo período do ano passado.

Em 30 de junho de 2022, a dívida líquida da companhia era de R$ 20,525 bilhões, um crescimento de 9% na comparação com a mesma etapa de 2021.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 2,7 vez em junho/22, queda de 0,6 vez em relação ao mesmo período de 2021.

Klabin aprova dividendos intermediários

O Conselho de Administração da Klabin aprovou pagamento de dividendos intermediários no valor de R$ 399 milhões, correspondente a R$ 0,07251721508 por ação ordinária e preferencial, e a R$ 0,36258607540 por unit.

O pagamento dos dividendos serão imputados ao valor do dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício social em curso, a ser realizado em 11 de agosto de 2022.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Manual dos Dividendos: inscreva-se e aprenda com o estrategista-chefe da XP uma estratégia simples e poderosa para viver de renda

Compartilhe