Calçados

Grendene (GRND3) tem lucro 2,9% menor e distribuirá dividendos de R$ 83,7 mi

A receita líquida da calçadista somou R$ 517,9 milhões entre janeiro e março deste ano, baixa de 1% na comparação anual

Por  Equipe InfoMoney -

Correção: o segundo parágrafo foi ajustado, informando a retração do Ebitda, ao contrário do que foi informado anteriormente. As informações foram corrigidas.

A Grendene (GRND3) registrou lucro líquido de R$ 125,5 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), o que representa uma redução de 2,9% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado recuou 46,6% no 1T22, totalizando R$ 67,9 milhões.

Já a margem Ebitda ajustado da Grendene atingiu 13,1% no período, contração de 11,2 p.p. frente a margem registrada em 1T21.

A receita líquida somou R$ 517,9 milhões entre janeiro e março deste ano, baixa de 1% na comparação com igual etapa de 2021.

Mais dados do balanço da Grendene

O lucro bruto da Grendene totalizou R$ 196,2 milhões nos três primeiros meses de 2022, uma redução de 16,9% em relação ao mesmo trimestre de 2021. A margem bruta foi de 37,9% no 1T22, baixa de 7,2 p.p. na comparação anual.

O menor volume de pares embarcados impactou negativamente a produtividade relacionada a mão de obra da produção, trazendo pressão adicional ao CPV no período.

O resultado financeiro líquido foi de R$ 88,7 milhões no 1T22, uma elevação de 108,3% na comparação com 1T21.

Nos primeiros três meses do ano, o caixa gerado nas atividades operacionais da Grendene foi de R$ 225,5 milhões. Com isso, a empresa encerrou o trimestre com caixa de R$ 1,8 bilhão, mantendo sólida situação financeira.

A Grendene aprovou a distribuição de dividendos do 1T22 no valor de R$ 83,7 milhões. Ações serão ex-dividendo a partir de 10 de maio de 2022 e pagamento a partir de 25 de maio de 2022.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe