Resultado da siderúrgica

Gerdau (GGBR4) registra alta de 19% no lucro no 1º trimestre, para R$ 2,940 bilhões

O Ebitda ajustado somou 5,827 bilhões no 1T22, um aumento de 35% na comparação com 1T21 e uma queda de 3% frente ao 4T21.

Por  Felipe Moreira

A Gerdau (GGBR4) registrou lucro líquido de R$ 2,940 bilhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), o que representa um crescimento de 19% em relação ao mesmo trimestre de 2021 (1T21), mas uma redução em relação ao quarto trimestre de 2021.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou 5,827 bilhões no 1T22, um aumento de 35% na comparação com 1T21 e uma queda de 3% frente ao 4T21.

Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada atingiu 28,7% nos três primeiros meses de 2022, alta de 2,2 p.p. frente a margem registrada em 1T21 e de 0,9 p.p. frente ao 4T21.

A receita líquida do 1T22 foi inferior à registrada no 4T21, reflexo da redução do volume vendido, dos menores preços praticados no Brasil e da taxa de câmbio apreciada, o que reduz as receitas em moeda estrangeira convertidas para reais.

Em relação ao 1T21, a receita líquida apresentou expressivo aumento, devido aos melhores preços praticados.

Gerdau e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) aprovam proventos

Os acionistas da Gerdau receberão juros sobre capital próprio (JCP) de R$ 0,57 por ação, no dia 25 de maio de 2022.

Já para os acionistas da Metalúrgica Gerdau serão creditados JCP no valor de R$ 0,20 e dividendos de R$ 0,09 por papel. O pagamento ocorrerá em 26 de maio deste ano.

Os pagamento serão realizados com base nas posições dos acionistas em 16 de maio de 2022.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe