Balanço da seguradora

BB Seguridade (BBSE3) lucra R$ 1,179 bi no 1º trimestre, alta de 20,7% na base anual

Os prêmios emitidos cresceram 19% e superaram o intervalo de estimativas do guidance (projeções)

Por  Felipe Moreira

A BB Seguridade (BBSE3) registrou lucro líquido de R$ 1,179 bilhão no primeiro trimestre de 2022 (1T22), um crescimento de 20,7% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

O resultado das participações atingiu a cifra de 1,179 bilhão nos três primeiros trimestre deste ano, um crescimento de 21,4% frente ao 1T21.

O resultado financeiro líquido foi positivo em R$ 6,5 milhões no primeiro trimestre de 2022, uma redução de R$ 47,9% na comparação com a mesma etapa de 2021.

Os prêmios emitidos cresceram 19% e superaram o intervalo de estimativas do guidance (projeções), graças aos seguros rurais (+44,9%), ainda em função da alta nos custos de produção e da contratação de custeio para a safra de inverno.

As demais modalidades também apresentaram forte crescimento com: vida (+8,4%), suportado pelas renovações anuais de apólices; e residencial (+31,4%) e empresarial/massificados (+13,7%), ambos impulsionados por um melhor desempenho de vendas novas. O volume de sinistros decorrente de casos de Covid-19 reduziu 83,3% em relação ao mesmo período de 2021, tendo registrado o montante de R$ 42,4 milhões.

Em previdência, a captação bruta teve incremento de 21% em relação aos três primeiros meses de 2021, atingindo a marca de R$ 13 bilhões, maior volume para um primeiro trimestre da série histórica.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 5,990 bilhões no 1T22, um crescimento de 40,2% em relação ao mesmo período de 2021.

Os ativos totalizaram R$ 8,455 bilhões nos três primeiros meses do ano, uma elevação de 17,8% na comparação ano a ano.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe