Resultado do 2º tri

Alpargatas (ALPA4) tem lucro societário de R$ 64 milhões no 2º trimestre de 2022

Bases não são comparáveis com 2T21 devido à aquisição de 49,9% da Rothy´s anunciada em dezembro de 2021. 

Por  Equipe InfoMoney -

A Alpargatas (ALPA4) registrou lucro societário de R$ 64 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), informou a detentora das marcas Havaianas nesta quinta-feira (4). Ela informou que as bases não são comparáveis com 2T21 devido à aquisição de 49,9% da Rothy´s anunciada em dezembro de 2021.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 177,8 milhões, queda de 17,2% ante mesmo período de 2022. A margem recuou 3,9 pontos no período, para 16,7%.

A empresa destaca que o lucro recorrente de Havaianas ficou em R$ 63,8 milhões, queda de 6,4%.

A companhia informou que houve crescimento de 9% da receita líquida de Havaianas em moeda constante em reais. As iniciativas de Revenue Growth Management (RGM) resultaram em aumento da receita líquida por par em 12%.  O lucro bruto cresceu 5%, explicado principalmente pela performance de Havaianas Brasil.

“No Brasil, as medidas de mitigação do impacto da inflação de custos impulsionaram o preço por par em 21%, e contribuíram para expansão de 2 pontos percentuais da margem bruta e de 4 pontos da margem Ebitda (Ebitda, ou lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, sobre receita líquida)”, apontou.

No internacional, contudo, a receita líquida caiu 2%, explicada principalmente pela retração nos EUA e pelas restrições decorrentes da Covid-19 na China. A nova campanha de marketing da Rothy’s impulsionou o crescimento de 82% da receita líquida.

De abril a junho a Alpargatas elevou a sua base de lojas em 105 unidades na comparação com um ano antes. A maior parte das aberturas, 75, foi no exterior. Dessas, 60 foram franqueadas.

Leia também:

Com relação aos investimentos de capital, no 2T22, foram investidos R$146 milhões, dos quais: (i) R$90 milhões direcionados ao Programa de Excelência em Manufatura e Logística (“ILEP”), que visa à ampliação da capacidade produtiva, ganho de eficiência e melhoria do nível de serviço.

“Conforme o planejado, os principais equipamentos para aumento de capacidade foram adquiridos, com pagamento da primeira parcela e início às adequações e preparações para instalação; e (ii) R$ 56 milhões em projetos de transformação digital / inovação”, informou a companhia.

A Alpargatas afirmou que aumentou em 123% os investimentos em marketing e operação de lojas físicas da Rothy’s ano a ano, para 25 milhões de dólares. “Com isso o Ebitda ficou negativo em US$ 6 milhões, encerrando o trimestre em -15 milhões.”

A empresa encerrou o trimestre com posição financeira líquida de R$ 58 milhões, representando redução de R$ 579 milhões versus 2T21. A retração deve-se principalmente à intensificação dos investimentos estratégicos (CAPEX) relacionados ao ILEP, além do pagamento de R$ 159 milhões em proventos aos acionistas. A geração de caixa operacional nos últimos 12 meses totalizou R$ 215 milhões, e combinada ao aumento de capital realizado em fevereiro de 2022, deu suporte aos movimentos estratégicos, bem como às aquisições de ioasys e 49,9% da Rothy’s.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe