Em mercados / renda-fixa

Juros futuros mostram estabilidade na expectativa sobre reunião do Copom

Mercado mostra-se dividido entre mais um corte de 0,25 ponto percentual na Selic e na manutenção da taxa em 7,5% ao ano

percentagem - taxa de juros - Selic
(Getty Images)

SÃO PAULO -  Os principais contratos de juros futuros seguem estáveis na BM&F nesta quarta-feira (10), à espera da decisão sobre a reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que termina na noite desta quarta-feira (10).

Diferente da última reunião, em que o consenso do mercado era de que haveria um corte de 25 pontos-base na taxa básica de juros, o encontro desta quarta-feira mostra bastante divergência de opiniões entre mais um corte de 25 p.b. na Selic ou a manutenção da Selic em 7,5% ao ano. Contudo, o mercado futuro de juros aponta que boa parte das apostas está em mais um corte na taxa de juros. "Esperamos pouca oscilação no mercado doméstico de juros futuros antes do anúncio da decisão do Banco Central para a taxa básica de juros, a ser conhecida hoje à noite", afirma a equipe de análise da Bradesco Corretora.

Ainda por aqui, O IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) subiu 0,31% na primeira prévia de outubro, ante elevação de 0,59% no mesmo período de setembro. Já o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) de São Paulo subiu 0,68% na primeira quadrissemana de outubro, ante alta de 0,55% na quarta quadrissemana de setembro, equivalente ao fechamento do mês, informou a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Contrato de janeiro de 2013 indica taxa de 7,10%
O contrato de juros de maior liquidez nesta quarta-feira, com vencimento em janeiro de 2013, aponta uma taxa de 7,10%, mesmo percentual do fechamento de terça-feira. O número de contratos negociados chega a 461.353. 

Outro contrato com bom volume negociado é o com vencimento em janeiro de 2014, que registra taxa de 7,42%. No fechamento de terça-feira, a taxa apontada por este contrato era 7,41.

 

Contato