Comentário diário

Reeleição de Barack Obama impulsiona bolsas mundiais

Parlamento grego discute medidas de austeridade em meio a protestos; safra de balanços no Brasil continua a todo vapor

Colored ticker board on black

SÃO PAULO – Os mercados acionários ao redor do globo apresentam valorização no pregão desta quarta-feira (7) na esteira da reeleição do presidente norte-americano Barack Obama.

O democrata derrotou adversário republicano, Mitt Romney ao conseguir 303 delegados no colégio eleitoral na terça-feira, contra 270 necessários para a vitória. Romney conquistou 206 delegados.

Agora, com mais quatro anos na Casa Branca, o primeiro desafio de Obama será evitar que o país caia em nova recessão por conta do chamado “abismo fiscal”. “As duras negociações sobre amenizar o impacto do ‘penhasco fiscal’ estão à frente, o que continuará sendo a principal preocupação dos mercados financeiros” afirma a equipe do Danske Bank, em relatório.

Aval grego
Na Grécia, o governo de coalizão do primeiro-ministro, Antonis Samaras, enfrenta um duro teste nesta quarta. Em meio à terceira greve geral em seis semanas, os líderes gregos buscam a aprovação do Parlamento para medidas de austeridade. O aval dos legisladores é o primeiro dos votos parlamentares para a liberação de uma fatia de 31 bilhões dos credores internacionais.

No continente europeu, o discurso da chanceler alemã, Angela Merkel ao Parlamento Europeu, bem como o pronunciamento do presidente do BCE (Banco Central Europeu), Mario Dragi, em Frankfurt, também estão entre as referências do dia.

Indicadores do dia
Na agenda europeia, os investidores aguardam dados sobre as vendas do varejo e a produção industrial da zona do euro. Por lá, também está prevista a divulgação de números sobre o desempenho da indústria alemã.

Nos EUA, além do tradicional relatório sobre os estoques de petróleo, será publicado o volume mensal de crédito ao consumidor. No mercado doméstico, a agenda está recheada de indicadores de inflação, entre eles, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de outubro. O Banco Central revelará ainda o fluxo de câmbio semanal.

Safra de resultados
Por aqui, a temporada de balanços corporativos continua a todo vapor, com números do terceiro trimestre da Cosan (CSAN3), Multiplan (MULT3), Multiplus (MPLU3), Eternit (ETER3), Valid (VLID3), Ultrapar (UGPA3) e as empresas do grupo de Eike Batista – LLX (LLXL3) e MMX (MMXM3).