Balanço nos EUA

Receita da Apple cresce abaixo das estimativas e ações despencam no after market

Entre julho e setembro, a receita da Apple foi de US$ 83,4 bilhões, alta de 29% sobre o mesmo período de 2020; analistas estimavam US$ 85,1 bilhões

Por  Anderson Figo -

SÃO PAULO — A gigante americana de tecnologia Apple reportou receita recorde em seu quarto trimestre fiscal de 2021, encerrado em setembro, mas suas ações despencaram mais de 3% no after market da Nasdaq após as vendas ficarem aquém das expectativas.

Entre julho e setembro, a receita da Apple foi de US$ 83,4 bilhões, um aumento de 29% na comparação com o mesmo período de 2020. Os analistas, no entanto, estimavam receita de US$ 85,1 bilhões, de acordo com a compilação da FactSet. Foi a primeira vez que a companhia não atingiu as expectativas do mercado desde 2018.

“A demanda foi muito robusta”, disse Tim Cook, CEO da empresa, na teleconferência de resultados. Ele estimou que as restrições de oferta de componentes por causa da pandemia de coronavírus tiveram um impacto negativo de US$ 6 bilhões na receita. Cook citou “escassez de silício em toda a indústria e interrupções de fabricação relacionadas à Covid”.

A empresa registrou lucro líquido no quarto trimestre fiscal de 2021 de US$ 20,6 bilhões, ou US$ 1,24 por ação, acima dos US$ 12,7 bilhões, ou US$ 0,73 por ação, vistos no mesmo período do ano anterior. Esse indicador ficou dentro do esperado pelo mercado.

A Apple obteve US$ 38,9 bilhões em receita com o iPhone, ante US$ 26,4 bilhões um ano antes, mas abaixo do consenso dos analistas, de US$ 41,2 bilhões. O novo iPhone 13 foi lançado na última semana do trimestre.

As receitas com vendas de Mac e iPads superaram as projeções dos analistas, ficando em US$ 9,2 bilhões e US$ 8,3 bilhões, respectivamente, efeito do home office por causa da pandemia. A companhia também observou crescimento nas vendas de wearables e acessórios, que totalizaram US$ 8,8 bilhões.

No consolidado do ano fiscal de 2021, a Apple bateu novos recordes, com US$ 365,8 bilhões em receita (alta de 33%) e lucro líquido de US$ 94,7 bilhões (alta de 65%). No ano fiscal de 2020, a Apple relatou vendas de US$ 274,5 bilhões e lucro líquido de US$ 57,4 bilhões.

Quer aprender a investir em criptoativos de graça, de forma prática e inteligente? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir

Compartilhe