Fique de olho

Radar da próxima semana: follow-on da EcoRodovias, estreia da BR Partners e mais eventos

Ainda no radar, a oferta de units do Banco Inter terá preço fixado e compromisso de subscrição da Stone

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — Oferta primária e secundária de ações da EcoRodovias (ECOR3) pode movimentar mais de R$ 2 bilhões, com base no fechamento de 8 de junho e considerando lote adicional.

A acionista Primav Infraestrutura vai oferecer parte das ações. A oferta de units do Banco Inter (BIDI11) tem preço fixado e compromisso de subscrição da Stone.

Acompanhe a movimentação no mercado corporativo na próxima semana:

  • 21/junho: Estreia prevista das units da BR Partners na B3
  • 22/junho: Definição do preço por ação em follow-on da EcoRodovias
  • 22/junho: Último dia para MP que abre caminho para privatização da Eletrobras ser aprovada na Câmara e no Senado antes de perder validade
  • 22/junho: Presidentes da B3, XP e da BlackRock promovem live sobre investimentos e ESG
  • 23/junho: Nada previsto até o momento
  • 24/junho: Encerramento do bookbuilding e definição do volume na oferta de units do Banco Inter
  • 25/junho: BNDES leiloa empresa de energia do Amapá – Equatorial deve participar, segundo o BofA
  • 25/junho: Aneel promove Leilões de Energia Existente A-4 e A-5 destinados à compra de energia elétrica de empreendimentos de geração

Credores versus acionistas

Um empréstimo de R$ 1,18 bilhão colocou em lados opostos credores e acionistas da Samarco. Alguns credores questionam a real necessidade dos recursos neste momento e querem que a justiça barre o empréstimo. Os sócios da Samarco, Vale e BHP, oferecem o empréstimo na modalidade “debtor-in-possession financing (DIP), que costuma ser o primeiro na fila de pagamentos em uma recuperação judicial, como é o caso da Samarco.

Ásia entra na disputa

O grupo asiático Indorama Ventures conseguiu fechar um acordo de exclusividade com o grupo Ultra para negociar a compra da Oxiteno, segundo confirmação do próprio Ultra após notícia do Valor. A americana Stepan Company e o fundo de private equity Advent Capital já eram citados como interessados na empresa petroquímica do Ultra. O grupo brasileiro pretende se concentrar nos negócios de óleo e gás no Brasil.

Caminho livre para a BR

Com a venda da fatia nas mãos da Petrobras considerada “iminente”, o caminho parece livre para uma valorização nos papéis da BR Distribuidora, já que a presença da estatal com uma fatia de 37,5% até agora impedia os investidores de comprarem totalmente a ideia de crescimento da BR, segundo analistas do BTG Pactual em relatório.

Analista oferece curso gratuito de como gerar renda extra na Bolsa. Inscreva-se no Desafio dos 5%.