Radar: comece o pregão sabendo as novidades no cenário corporativo

Vendas contratadas da MRV no trimestre atingiram R$ 1,08 bi, enquanto a Brookfield divulgou vendas de R$ 1,33 bi no período

Por  Maria Cecília Ferraz Fontes

SÃO PAULO – Com dados do PIB (Produto Interno Bruto) chinês mostrando que a desaceleração continua no país e após a agência de classificação de risco Moody’s afirmar que pode colocar a nota de crédito da França em perspectiva negativa, os mercados voltaram a reagir negativamente nesta terça-feira (18).

Na Ásia, as bolsas fecharam em baixa, com o benchmark Hang Seng registrando a maior queda, de 4,67%. Os principais índices europeus também apresentam queda em sua abertura, aguardando a fala de Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve.

Em meio a prévias operacionais de empresas brasileiras, referentes ao terceiro trimestre, confira as notícias que podem movimentar o pregão na BM&F Bovespa:

Resultados operacionais
Entre as companhias que informaram parte de seus balanços para o período entre julho e setembro, está a ALL (ALLL3). O Ebitda (geração operacional de caixa) consolidado chegou aos R$ 428,9 milhões, alta anual de 16,3%, já incluindo Brado e Ritmo Logística nos números do ano passado.

Na véspera, a MRV (MRVE3) divulgou o número de suas vendas contratadas para o trimestre. O montante chegou a R$ 1,08 bilhão na modalidade, um crescimento de 22% frente ao mesmo período de 2010. Os lançamentos subiram 40% na mesma comparação, alcançando R$ 1,45 bilhão.

Já a Brookfield (BISA3) totalizou R$ 1,33 bilhão em volume total de vendas, avanço de 61,4% em bases anuais. Em lançamentos, o valor chegou a R$ 913 milhões, 23,3% a mais do que no ano anterior. Nos nove primeiros meses, a empresa afirma ter entregue 76% do guidance de vendas para 2011.

Aéreas em setembro
Também no dia anterior, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) mostrou o resultado do setor em setembro. De acordo com o órgão regulador, a demanda por voos domésticos subiu 9,06% mês a mês, enquanto a oferta aumentou em 15,04%. Já em viagens internacionais, os avanços foram de 6,57% e 4,33%, respectivamente.

Entre as principais companhias, a GOL (GOLL4) aparece como líder do mercado interno, com 38,87% de marketshare, seguida pela TAM (TAMM4), que chegou aos 38,22%. Entre os voos externos, a principal aérea continua sendo a TAM, respondendo por 88,55% das viagens.

Acordo da Randon
A Randon (RAPT4) anunciou nesta terça que fechou um contrato de fornecimento de vagões com a MRS Logística. O acordo prevê a entrega de 168 vagões modelo plataforma para o transporte de carga geral e também unidades para o transporte de bobinas, até fevereiro do ano que vem. Valores não foram informados pela empresa.

Compartilhe