Radar: comece o pregão sabendo as novidades do cenário corporativo

Disputa da Telefonica pela Vivo é grande destaque do noticiário; Itaú Unibanco terá de pagar multa de R$ 104,7 mil

Por  Nathália A. Terra Pereira

SÃO PAULO – Bolsas europeias em queda, mercados futuros norte-americanos em alta: a terça-feira (2) começa dividida entre as duas principais esferas do mercado global de ações, à espera de dados mais relevantes ao humor dos investidores.

Na Europa, os papéis da petrolífera BP (British Petroleum) voltam a cair forte em resposta à abertura de investigações civis e criminais quanto ao acidente no Golfo do México. A queda no preço de commodities também pesa sobre o desempenho dos índices.

Já em Wall Street, o pré-market aponta uma abertura positiva dos negócios, com destaque aos papéis do JPMorgan, que têm alta expressiva após boa recomendação de compra do UBS. Ainda assim, o clima é de cautela antes da divulgação de indicadores de peso, como o Pending Home Sales.

Telefonica faz proposta pela Vivo
No Brasil, o grande destaque do noticiário desta manhã vai para a novela da disputa da Telefonica pela Vivo (VIVO4). A companhia enviou proposta oficial à PT (Portugal Telecom) para adquirir a Brasilcel – controladora da Vivo –, a qual inclui duas ofertas.

Em uma, a espanhola compraria 50% do volume total de ações da Brasilcel por € 6,5 bilhões, valor a ser pago imediatamente em dinheiro. A segunda alternativa resultaria na aquisição de um terço dos 50% do capital total da Brasilcel, pela quantia de € 2,166 bilhões, sendo que os dois terços restantes seriam transformados em opções de compra pela Telefônica.

O secretário de Estado das Comunicações de Portugal, Paulo Campos, disse que o governo do país ainda deve se pronunciar sobre a oferta da Telefonica para a compra da participação da Portugal Telecom na Vivo.

Telemig é incorporada e extinta
Enquanto o controle de seu capital é disputado na Europa, a Vivo é notícia no plano corporativo brasileiro por outro fato: nesta manhã, a companhia anunciou, como parte de seu processo de reestruturação societária, a incorporação da Telemig Celular e consequente extinção da empresa.

Anunciado em dezembro de 2008, o objetivo da operação é tornar mais simples a estrutura organizacional da Vivo, com redução de custos administrativos.

Itaú é multado por propaganda enganosa
Do setor de telecomunicações ao financeiro, o grupo Itaú Unibanco (ITUB4) terá de pagar uma multa de R$ 104,7 mil, aplicada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça, por acusações de publicidade enganosa. Segundo o DPDC, muitos clientes aplicaram seus recursos em fundos de investimentos do banco, induzidos pela promessa de lucro certo, sem saber dos riscos inerentes à aplicação.

BicBanco assume controle integral de subsidiária
Por fim, o BicBanco (BICB3) anunciou há pouco a capitalização da Sul Financeira no valor total de R$ 150 milhões. A empresa, que foi adquirida em outubro do ano passado, passa, dessa forma, a ser subsidiária integral, sob controle operacional do BicBanco.

Compartilhe