açúcar

Rabobank aumenta previsão de déficit global de açúcar em 2015/16

Segundo nova estimativa o déficit global de açúcar em 2015/16 será de 6,8 milhões de toneladas, ante previsão anterior de déficit de 4,7 milhões de toneladas

SÃO PAULO – O Rabobank revisou nesta segunda-feira sua projeção para o déficit global de açúcar em 2015/16 para 6,8 milhões de toneladas, ante previsão anterior de déficit de 4,7 milhões de toneladas.

“A evolução das colheitas na Tailândia e na Índia foi decepcionante”, disse à Reuters a analista sênior de commodities do Rabobank, Tracey Allen. “O déficit maior deve-se amplamente à redução vista na produção de Índia e Tailândia”.

A Índia é o segundo maior produtor de açúcar do mundo, enquanto a Tailândia é o segundo maior exportador, ambas atrás do Brasil.

A colheita na União Europeia foi a menor em mais de 40 anos e os preços do açúcar disparam na região mais de 10 por cento desde outubro. Para suprir a demanda, a UE aumentou a iportação de açúcar do Nordeste brasileiro. A região pode importar até 334.054 toneladas anuais. 

(Com Reuters)