Superporto de Açu

Prumo faz acordo com Bolognesi para projetos de gás no Porto do Açu

Os projetos seriam desenvolvidos em um “hub” de gás no porto, que serviria para importação de GNL e como apoio à produção doméstica nas Bacias de Santos e Campos

Por  Reuters

SÃO PAULO (Reuters) – A Prumo Logística (PRML3) disse que assinou acordo com a Bolognesi Energia para avaliar oportunidades de investimento em projetos de gás natural no Porto do Açu, incluindo uma termelétrica, segundo fato relevante divulgado nesta quinta-feira.

Os projetos seriam desenvolvidos em um “hub” de gás no porto, que serviria para importação de GNL e como apoio à produção doméstica nas Bacias de Santos e Campos.

“Ele se apresenta aos produtores como uma solução comercial atraente para a monetização do gás associado produzido, além de oferecer infraestrutura competitiva em larga escala para o consumo de gás industrial”, disse a Prumo.

O hub também funcionaria como um mercado interligado para a comercialização e consumo de produtos de gás natural, GNL e gás. Projetos identificados para o hub incluem termelétrica a gás, terminal de regaseificação de GNL, processamento de gás natural, terminal GLP, dutos submarinos e terrestres para transporte de gás, armazenagem de GNL e outros serviços associados ao gás.

Com a Bolognesi, o principal projeto consiste na construção de uma termelétrica a gás e na instalação de uma unidade regaseificadora flutuante de GNL.

A Bolognesi alugará área de até 400 mil metros quadrados no Porto do Açu por 25 anos com opção de renovação por mais 25 anos.

A Bolognesi será responsável pela construção da totalidade da infraestrutura necessária para a implantação da usina térmica a gás, incluindo a linha de transmissão, subestação e o terminal GNL, disse a Prumo.

Os termos do acordo ainda estão sujeitos a negociação, disse a empresa.

Compartilhe