Em mercados / proventos

3 ações ficam "ex-proventos" nesta quinta, uma com dividendo "impossível" de R$ 2,79

Os investidores com os papéis em carteira nesta quarta-feira terão direito à remuneração

Moedas
(allstars)

SÃO PAULO - Ações de três empresas ficam "ex-proventos" nesta quinta-feira (23) e os investidores com os papéis em carteira nesta quarta-feira (22) terão direito à remuneração.

Os papéis da Construtora Adolpho Lindenberg (CALI3; CALI4) são as que tem dividendos mais atrativos. O montante a ser distribuído é de R$ 2,46 por cada ação ordinária e R$ 2,79 por cada ação preferencial. Tomando por base as cotações do papel nesta quarta-feira (22), de R$ 120,69 e R$ 145,00, o "dividend yield" é de 2,03% e 1,92%, nesta ordem.

Mas dificilmente algum investidor do mercado financeiro será capaz de embolsar esta remuneração. Do total de ações emitidas pela empresa, 94% se concentram nas mãos de três acionistas. Além disso, a última vez que os papéis PN da construtora foram negociados foi em 9 de setembro de 2016. Não há registro de negociação das ações ON nos últimos dois anos.

Copasa
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (CSMG3) distribuirá R$ 31,9 milhões em JCP (Juros sobre Capital Próprio), o equivalente a R$ 0,2528810099 por ação. Tomando como parâmetro a cotação do ativo na tarde desta qurata, de R$ 43,55, o dividend yield é de 0,58%.

Nadir Figueiredo 
A empresa Nadir Figueiredo (NAFG3; NAFG4) também fica "ex-juros" nesta quinta-feira. A empresa pagará R$ 0,09261 por ação. O pagamento será feito em três "parcelas" de R$ 0,03087
por papel, nos dias 03 de abril, 02 de maio e 1º de junho de 2017.

 

Contato