Procter & Gamble sobe após manter projeções de crescimento para 2001

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A Procter & Gamble divulgou nesta terça-feira o aumento de 4% no lucro referente ao quarto trimestre de 2000 antes de itens excepcionais, superior à estimativa do mercado. Além disso, a empresa anunciou que espera que o crescimento do lucro por ação no próximo trimestre atinja a casa dos dois dígitos.
O lucro antes dos custos associados à reestruturação da P&G no quarto trimestre de 2000 foi de US$ 1,31 bilhão, ou US$ 0,93 por ação diluída. No mesmo período há um ano, a empresa reportou lucro de US$ 1,26 bilhão, ou US$ 0,88 por ação. O mercado esperava que a empresa divulgasse lucro US$ 0,92 por ação. Com a inclusão de US$ 120 milhões dos custos da reestruturação, o lucro passa a US$ 1,19 bilhão, ou US$ 0,84 por ação, maior que o lucro de US$ 1,13 bilhão, ou US$ 0,78 por ação referente ao mesmo trimestre do ano anterior também incluindo os custos extraordinários.
A receita no quarto trimestre de 2000 atingiu US$ 10,18 bilhões, o que representa um queda de 4%, uma vez que a receita do mesmo período no ano anterior foi de US$ 10,59 bilhões. A redução da receita, segundo a Procter & Gamble, foi causada pela queda na cotação do euro frente à moeda norte-americana no período. O volume de vendas também caiu 2% em relação ao volume recorde referente ao quarto trimestre de 1999.
A empresa prevê que o lucro por ação no primeiro trimestre de 2001 deverá variar entre US$ 0,72 e US$ 0,74, representado taxa de crescimento variando entre 12,5% e 15,6% em comparação com o lucro por ação referente ao mesmo trimestre de 2000. Analistas projetam crescimento do lucro no período de 14%, com lucro por ação de US$ 0,73. A P&G ainda se diz confortável com a estimativa dos analistas quanto ao lucro a ser apurado no ano. A maior projeção dos analistas aponta crescimento de 6,5% do lucro neste ano; em 2000 o lucro por ação foi de US$ 2,95 e para 2001 a expectativa é de lucro de US$ 3,14 por ação.

As ações da Procter & Gamble estão sendo negociadas na bolsa de Nova York a US$ 70,08, o que representa alta de 4,83% em relação ao fechamento anterior. A P&G é uma das ações que compõem o Dow Jones Industrial, que mede o desempenho das 30 blue chips norte-americanas. Em 2000, a performance da ação superou em cerca de 30% o desempenho do índice Dow Jones.

Compartilhe