Mais barato

Preço da arroba do boi gordo atinge menor patamar desde 2014

Preço caiu mais de 10% no acumulado do primeiro semestre

Por  Datagro

A cotação da arroba atingiu em São Paulo R$ 127, o menor patamar desde setembro de 2014, segundo a Scot Consultoria. A chegada do frio, que reduz o vigor das pastagens e aumenta a oferta de bois no mercado, teria sido um dos motivos de mais essa queda. No fechamento do semestre, o preço da arroba já acumula desvalorização de 14,8% em São Paulo e 11,4% na média Brasil.

Em Mato Grosso, onde está o maior rebanho do País, a valor é ainda menor. Dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostram que o preço da arroba nesta semana está cotado em R$ 118, aumentando a diferença para 9% entre os preços praticados no mercado paulista e no mato-grossense.

Este cenário tem espantado os pecuaristas das compras de animais de reposição, que tiveram redução de preços em todas as categorias. O preço do bezerro em junho, por exemplo, foi de R$ 1.032,50, em média. O valor é 19% menor que o praticado no ano passado quando o bezerro custava, em média, R$ 1.278. Já os preços do boi magro caíram 14%, passando de R$ 2.014 em junho de 2016 para R$ 1,720 em junho deste ano.  

Essa desvalorização maior no mercado de reposição aumentou o poder de compra do pecuarista se comparado ao mesmo período do ano passado. Em junho de 2016 era possível comprar 1,42 garrote com o preço de venda de um boi gordo com cerca de 16 arrobas, hoje o pecuarista compra 1,46 garrotes com o valor da arroba, uma melhora 2,6% no poder de compra.

 
Compartilhe