Pre-market da Nasdaq opera em alta, com destaque para Siebel

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

O indicador do Nasdaq 100 no pre-market operava em alta nesta terça-feira, subindo 0,69%, às 8h55 de Nova York, quando o índice ganhava 18,83 pontos. O indicador é calculado pela Nasdaq utilizando-se das cotações no pre-market das 100 ações componentes do índice e pode ser usado como uma tendência a ser seguida na abertura do pregão regular. Contudo, como o indicador opera reduzindo cada vez mais a alta, a tendência apresentada pode se tornar pouco confiável.

Entre as ações que operam no pre-market em alta, destaque para a Siebel (+8,62%). A Siebel, fabricante de software, fundada em 1993 pelo ex-Oracle Tom Siebel, anunciou ontem após o fechamento regular do pregão o resultado referente ao quarto trimestre de 2000, que ultrapassou consideravelmente as projeções de analistas. O lucro do período foi de US$ 106 milhões, ou US$ 0,20 por ação, enquanto o mercado esperava lucro de US$ 0,15 por ação. A receita de vendas da empresa também ultrapassou as expectativas do mercado ao atingir US$ 581,6 milhões, contra o consenso inicial de US$ 536 milhões. O crescimento no quarto trimestre foi de 110%, já que há um ano o resultado do período foi um faturamento de US$ 275,9 milhões e lucro de US$ 0,08. Além de ter superado expectativas em 2000 ao crescer 121%, os executivos da empresa mantiveram as projeções para 2001, quanto ao crescimento de 44%, também em relação ao faturamento.

Também operam em alta as ações da WorldCom (+3,02%), ADC Telecommunication (+3,32%) e JDS Uniphase (+1,17%), que são empresas ligadas à telefonia; as ações da Dell (+4,32%), Apple (+3,05%) e Sun Microsystems (+1,44%), fabricantes de PCs, impulsionadas pelo bom resultado no trimestre da líder no setor, a Compaq, além das ações dos fabricantes de semicondutores PMC Sierra (+4,05%), RF Micro Devices (+3,15%), Intel (+2,47%) e Applied Micro Circuit (+2,43%). Além das valorizações da companhia de investimentos em Internet CMGI (+4,76%), Microsoft (+1,34%) e Cisco (+1,32%).

Em contrapartida entre as quedas de hoje, destaque para os papéis da Network Appliance (-7,56%) que pela manhã teve as recomendações sobre suas ações rebaixadas pelo banco de investimentos Goldman Sachs. Outras baixas são QLogic Corporation (-9,15%), Real Networks (-4,66%), Yahoo! (-1,16%), a fabricante de equipamento de telefonia Ericsson (-0,52%) e BroadCom (-0,33%).

O Pre-Market funciona entre 8h00 e 9h30 de Nova York, e junto com o After Hours (que funciona entre 16h00 e 18h30) são os primeiros mercados a capturar a reação dos investidores a anúncios feitos pelas empresas após o fechamento regular da Nasdaq.

Compartilhe