Agentes Autônomos

Praisce Capital e Diamante Corretora assinam operação de share swap e traçam planos de expansão

A Praisce é o escritório de agentes autônomos mais tradicional da XP; a Diamante é formada por líderes de destaque internacional na venda de seguros de vida

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – A Praisce Capital, um dos escritórios de agentes autônomos mais antigos e tradicionais da XP, e a Diamante Corretora, formada por líderes de destaque internacional na venda de seguros de vida, acabam de assinar uma operação de share swap.

“Era o detalhe que faltava”, diz Antonio Marmo Jr., CEO da Praisce Capital, sediada em Curitiba. “Estamos prontos para mostrar a direção que acredito que a profissão de assessoria de investimentos deve seguir.”

Para Marmo, que foi o primeiro professor da XP Educação no início dos anos 2000, o plano é acelerar uma expansão agressiva pelo Brasil. Sua aposta é na diversificação.

O empresário conta que, ao longo de 18 anos, o Praisce Capital se transformou num grupo com diferentes soluções como wealth law, infraestrutura tecnológica, desenvolvimento de softwares e app sob medida, M&A, relationship manager, family office e wealth services, outsourcing em controladoria, processos internos e gestão de pessoas e, recentemente, até real estate.

“Conseguimos o mais difícil de tudo, que é a credibilidade do nosso cliente em deixar o dinheiro dele sob nossa assessoria de investimentos na XP. O restante tem se mostrado um caminho óbvio, como vender o imóvel desse mesmo cliente ou cuidar de toda a infraestrutura tecnológica do cliente PJ, satisfazendo suas necessidades financeiras e patrimoniais.”

A mineira Diamante Corretora incrementa o ecossistema da Praisce. Segundo Ana Diamante, CEO da corretora, essa união trará mais benefícios para os clientes que poderão contar com o atendimento de profissionais altamente capacitados, que poderão orientá-los sobre a melhor escolha em relação a seguros e investimentos.

Os planos de expansão do grupo Praisce para os próximos três anos são agressivos. “Nossa meta é fazermos a rodada de captação ‘Séries A’ ainda no primeiro semestre. Já delineamos a estratégia de como isso será feito, e quando a regulação CVM atual for alterada, estaremos à frente. Já estamos em conversas e tratativas com potenciais investidores e planejamos finalizar essa etapa até maio”, diz.

A Praisce está presente em 14 cidades de seis estados. “Queremos, em três anos, estar em 50 cidades”, afirma o CEO. Para ele, isso só será possível porque o modelo de expansão da Praisce será diferente do que é tradicionalmente feito na Rede XP.

“Com a mudança da legislação, que se espera que ocorra no curto prazo, transformaremos escritórios pelo Brasil em sócios, mantendo a marca e a cultura de cada empresário, mas entregando sinergias importantíssimas e uma variedade muito maior de produtos que diversificam a receita”, diz Marmo.

“Assim, os principais sócios e assessores dos escritórios precisam apenas pensar no cliente, em como atendê-lo melhor e focar no comercial.” Segundo Marmo, estão em andamento conversas com sete escritórios.

Atualmente, as empresas do grupo Praisce reúnem uma equipe de 260 pessoas; o plano é contratar mais 100 vagas até o fim do ano. “Nossa expectativa é crescer 50% ao ano até 2025, e, para isso, precisamos de muita gente boa, disposta a escrever um novo capítulo no mercado financeiro e de assessoria brasileiro”, afirma Marmo.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe