Fim da temporada

Por “culpa” da Vale, lucro das empresas da Bolsa cai R$ 18,2 bilhões no 1º trimestre

O lucro total das companhias da Bovespa chegou a R$ 25,7 bilhões, contra R$ 44,0 bilhões um ano antes, recuo de 41,4%.

arrow_forwardMais sobre
Mineração da Vale
Mineração da Vale
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Terminada a temporada de resultados do primeiro trimestre, o lucro líquido das 317 empresas de capital aberto brasileiras registrou queda de R$ 18,2 bilhões, muito por conta da Vale (VALE3; VALE5), que saiu de um lucro de R$ 5,9 bilhões nos três primeiros meses de 2014 para um prejuízo de R$ 9,5 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Com isso, o lucro total das companhias da Bovespa chegou a R$ 25,7 bilhões, contra R$ 44,0 bilhões um ano antes, recuo de 41,4%. Os dados são da consultoria Economática.

Se a mineradora for desconsiderada da conta, a queda no lucro das companhias de capital aberto fica em R$ 2,8 bilhões entre janeiro e março, o que representa uma perda de 7,41%. No primeiro trimestre do ano passado estas companhias lucraram R$ 38,1 bilhões, contra R$ 35,3 bilhões no início de 2015.

Entre os setores que mais lucraram, os bancos lideraram com folga, registrando lucro de R$ 17,77 bilhões nos três primeiros meses do ano. No segundo lugar ficou o setor de petróleo e gás, muito favorecido pelo lucro de R$ 5,3 bilhões da Petrobras (PETR3; PETR4), deixando o setor com os mesmo R$ 5,3 bilhões de lucro. Completando o “top 3”, o setor de energia teve lucro de R$ 5,2 bilhões.

Aprenda a investir na bolsa

Entre os 24 setores analisados, 6 deles apresentaram prejuízo no primeiro trimestre, sendo que o de mineração teve o maior prejuízo consolidado, pressionado pelos números da Vale. Juntas, as cinco empresas de mineração tiveram prejuízo de R$ 9,8 bilhões, seguido pelo de papel e celulose, com R$ 2,1 bilhões. Confira abaixo o resultado de cada setor da Bolsa: