Em mercados / politica

Bolsonaro chega ao Congresso para entrega de proposta de Reforma da Previdência dos militares

O presidente estava acompanhado de integrantes do governo, como os ministros da Casa Civil Onyx Lorenzoni e da Economia Paulo Guedes

Jair Bolsonaro
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Jair Bolsonaro chegou ao Congresso Nacional às 16h09 desta quarta-feira (20) para a entrega da proposta de reforma da aposentadoria dos militares.

O presidente estava acompanhado de integrantes do governo, como os ministros da Casa Civil Onyx Lorenzoni e da Economia Paulo Guedes, além do secretário de Previdência, Rogério Marinho.

Na manhã desta quarta-feira, Bolsonaro se reuniu no Palácio da Alvorada com ministros de Estado e comandantes da Forças Armadas para avaliação da versão final da proposta de reforma dos militares. 

No Legislativo, a matéria deverá tramitar de forma paralela à proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as regras do regime geral da Previdência, para a população civil. Essa têm sido a exigência de parlamentares para garantir que todos os setores da sociedade estejam incluídos na reforma.

As alterações previstas, mas ainda não oficializadas, abrangem medidas como aumento de gratificações e do tempo mínimo de serviço, de 30 para 35 anos. A alíquota de contribuição dos militares para a Previdência também deve aumentar para 14% ao longo dos próximos dois anos, sendo 10,5% para a Previdência e 3,5% para o plano de saúde, que já é pago pelos militares.

(Com Agência Brasil) 

 

Contato