Em mercados / politica

CNI/Ibope: 75% dos brasileiros dizem que Bolsonaro está no caminho certo

Segundo levantamento, futuro presidente apresenta melhor desempenho entre eleitores homens e com maior renda

Jair Bolsonaro
(Tomaz Silva/Ag. Brasil)

SÃO PAULO - A 19 dias da posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), 75% dos brasileiros acreditam que a equipe do novo governo está no caminho certo em relação às decisões tomadas até o momento. É o que mostra a pesquisa CNI/Ibope "Retratos da Sociedade Brasileira - Perspectiva em relação ao Novo Governo", realizada entre 29 de novembro e 2 de dezembro com 2 mil eleitores de 127 municípios.

Segundo o levantamento, 14% dos entrevistados acham que Bolsonaro está no caminho errado, ao passo que 11% não souberam opinar ou não responderam à pergunta. A margem de erro estimada é de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que significa que, se o questionário fosse aplicado mais de uma vez no mesmo período e sob mesmas condições, esta seria a chance de o resultado se repetir dentro da margem.

A pesquisa mostrou que, quanto maior a renda familiar, maior o percentual de entrevistados que aprovam as ações tomadas até o momento pela equipe de transição. Dentre o grupo com renda familiar de até um salário mínimo, 70% concordam com as medidas, ao passo que entre aqueles com renda superior a cinco salários mínimos, o apoio chega a 82%.

Para 64% dos entrevistados, o novo governo será ótimo ou bom, enquanto apenas 14% dizem que será ruim ou péssimo. Assim como na questão anterior, o otimismo é maior entre homens (69%) e entre os que recebem cinco salários mínimos ou mais (72%). O percentual é menor entre as mulheres (61%) e na faixa com renda familiar mensal de até um salário mínimo (58%).

Entre os que se consideram um pouco informados, 55% consideram as indicações para a equipe de governo adequadas ou muito adequadas. O percentual cresce para 77% no grupo dos que se dizem muito informados. Já entre os que se dizem ao menos um pouco informados, 75% aprovam as propostas do governo Bolsonaro.

O levantamento mostra, ainda, que, para 41% e 40% dos entrevistados, respectivamente, melhorar os serviços de saúde e promover geração de empregos devem ser as prioridades do governo para 2019. Em seguida, aparecem combater a corrupção e combater a violência e a criminalidade, ambos com 36%, e melhorar a qualidade da educação, apontada por 33%.

Dois em cada três brasileiros acreditam que a situação econômica do país vai melhorar em 2019, enquanto parcela similar espera que a própria vida vai melhorar ou melhorar muito no próximo ano. Cerca de quatro em cada dez brasileiros (43%) acreditam que a segurança pública está entre os principais problemas que vão melhorar no primeiro ano de governo do presidente eleito. Em seguida, aparecem a corrupção (37%) e o desemprego (36%).

Seja sócio das maiores empresas da bolsa com TAXA ZERO de corretagem! Clique aqui e abra uma conta na Clear!

(com Agência Brasil)

 

Contato