Em mercados / politica

Marina Silva declara apoio crítico a Fernando Haddad no segundo turno

"Sei que, com apenas 1% de votação no primeiro turno, a importância de minha manifestação, numa lógica eleitoral restrita, é puramente simbólica. Mas é meu dever ético e político fazê-la", disse

Marina Silva
(Talita Oliveira/Wikipedia)

SÃO PAULO - Faltando poucos dias para o segundo turno, Marina Silva (Rede), oitava colocada no primeiro turno, declarou apoio crítico a Fernando Haddad (PT) nesta segunda-feira (22).

"Sei que, com apenas 1% de votação no primeiro turno, a importância de minha manifestação, numa lógica eleitoral restrita, é puramente simbólica. Mas é meu dever ético e político fazê-la", disse a ex-candidata em nota.

"Diante do pior risco iminente, de ações que, como diz Hannah Arendt, 'destroem sempre que surgem', 'banalizando o mal', propugnadas pela campanha do candidato Bolsonaro, darei um voto crítico e farei oposição democrática a uma pessoa que, 'pelo menos' e ainda bem, não prega a extinção dos direitos dos índios, a discriminação das minorias, a repressão aos movimentos, o aviltamento ainda maior das mulheres, negros e pobres, o fim da base legal e das estruturas da proteção ambiental, que é o professor Fernando Haddad", continua Marina.

A ex-ministra ainda criticou o apelo da campanha de Bolsonaro ao nome de Deus dizendo que "é um engano pensar que a invocação ao nome de Deus tem o objetivo de fazer o sistema político retornar aos fundamentos éticos orientados pela fé cristã que são tão presentes em toda a cultura ocidental".

"A pregação de ódio contra as minorias frágeis, a opção por um sistema econômico que nega direitos e um sistema social que premia a injustiça, faz da campanha de Bolsonaro um passo adiante na degradação da natureza, da coesão social e da civilização", afirma.

No Twitter, o candidato do PT agradeceu o apoio de Marina. "O voto de Marina Silva me honra por tudo que ela representa e pelas causas que defende", afirmou.

"Nossa convivência como ministros foi extremamente produtiva e até hoje compartilhamos amizades de brasileiros devotados à causa pública. Esse reencontro democrático me enche de orgulho", completou o candidato petista.

A hora de investir em ações é agora: abra uma conta na Clear com taxa ZERO de corretagem!

 

Contato