Em mercados / politica

O que esperar de um possível governo Bolsonaro? Aliado do candidato fala sobre governabilidade, ideias e prioridades

InfoMoney entrevista Frederico D'Ávila, deputado estadual eleito pelo PSL em São Paulo, e um dos aliados de Bolsonaro no agronegócio

SÃO PAULO - A ampla vantagem mantida pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) nas pesquisas para a corrida presidencial a 11 dias do segundo turno tem motivado crescentes especulações sobre como seria um eventual governo seu. Com críticas ao atual sistema de presidencialismo de coalizão e promessas de nomeações técnicas aos ministérios, a campanha de Bolsonaro indica apostar em novas estratégias na operacionalização da política, quadro considerado desafiador quando se observa o nível recorde de fragmentação do Congresso Nacional e o perfil dos parlamentares eleitos.

Enquanto alguns analistas políticos veem como inevitável a operação da política "no varejo" e a partir de lideranças partidárias, Bolsonaro sinaliza uma busca por articulações a partir de bancadas informais suprapartidárias, como a Frente Parlamentar Agropecuária, que deve ter a preferência na indicação de um nome para o Ministério da Agricultura. Acredita-se que a estratégia seja aprovar agendas temáticas em conjunto com os parlamentares interessados e paralelamente avançar com pautas mais complexas de uma agenda econômica de maior densidade.

Apesar de Bolsonaro ter conseguido eleger a segunda maior bancada partidária da Câmara dos Deputados, com 52 assentos pelo PSL, além de uma série de parlamentares e governadores que se associaram à sua imagem, há muita dúvida se o fôlego inicial de seu possível governo seria suficiente para gerar um clima de governabilidade capaz de permitir a condução de medidas de aprovação mais complicada no Legislativo. Como governar em um ambiente desses? Quais seriam as medidas prioritárias e como se daria a distribuição de tarefas no núcleo tomador de decisão do governo?

Para entender melhor como seria a prática de um possível governo Bolsonaro e as ideias que dão sustentação a essa candidatura, o InfoMoney recebeu na última quarta-feira (17), Frederico D'Ávila. Diretor da Sociedade Rural Brasileira e recém-eleito deputado estadual pelo PSL em São Paulo com 24.470 votos, ele é um dos coordenadores da campanha do presidenciável para o agronegócio. Assista a entrevista completa no vídeo acima.

Quer ganhar dinheiro nesta eleição investindo com corretagem ZERO? Abra sua conta agora na Clear

Agora você pode acompanhar o Conexão Brasília também no Spotify! Clique aqui para ouvir o programa ou faça o download pelo player abaixo:

 

Contato