Em mercados / politica

Em ato pró-Haddad, Cid Gomes acusa PT de "criar" Bolsonaro e diz que partido "perderá feio"; veja vídeo

Com a reação negativa da plateia, Gomes emendou: "não admitiram o errado e isso é para perder a eleição e é bem feito"

SÃO PAULO - O ex-governador do Ceará e senador eleito neste ano Cid Gomes (PDT) provocou uma saia justa em um evento de apoio a Fernando Haddad (PT) ao disparar diversas críticas ao partido. 

O irmão de Ciro Gomes disse que o PT precisa "pedir desculpas" e "ter humildade de reconhecer que fizeram muita besteira" e o fato de o partido não ter admito um "mea culpa" levará à derrota nas urnas: "vão perder feio". 

Gomes ainda acusou o partido de Haddad de "criar" seu oponente do segundo turno. "Quem criou o Bolsonaro foram essas figuras que acham que são dono da verdade".

Com a reação negativa da plateia, Gomes emendou: "não admitiram o errado e isso é para perder a eleição e é bem feito".

O senador foi vaiado pelos presentes, que começaram a entoar um grito de Lula, que foi respondido com: "o Lula tá [sic] preso, babaca".

A hora de investir é agora: abra sua conta na XP Investimentos!

Veja o vídeo: 

 

Contato