Em mercados / politica

Bolsonaro diz "coisas extremamente desagradáveis", afirma líder da extrema direita na França

Para Le Pen, o desempenho de Bolsonaro é decorrente de sua campanha focada na segurança pública e no combate à corrupção

Marine Le Pen
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) foi alvo de críticas pela líder da extrema direita francesa Marine Le Pen.

Em entrevista ao canal France 2, a política disse que o militar reformado diz "coisas extremamente desagradáveis", que não podem ser transferidas para a França. "É uma cultura diferente”, disse se referindo a declarações de Bolsonaro sobre homossexuais e mulheres. 

“De qualquer forma, a partir do momento em que alguém diz coisas desagradáveis, ele passa a ser de extrema direita na imprensa francesa. Não vejo Bolsonaro como um candidato de extrema direita”, acrescentou.

Le Pen foi candidata à Presidência da França em maio do ano passado e foi derrotada nas urnas no segundo turno pelo atual presidente francês Emmanuel Macron.

Para Le Pen, o desempenho de Bolsonaro nas urnas no primeiro turno é decorrente de sua campanha focada na segurança pública e no combate à corrupção. 

Proteja seus investimentos com a melhor assessoria do mercado: abra uma conta de graça na XP!

 

Contato