Em mercados / politica

Ibope: Bolsonaro chega a 41% dos votos válidos e abre 16 pontos para Haddad

Ciro Gomes (PDT) se isolou no terceiro lugar, chegando a 13%, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) segue com 8%

Ciro, Haddad, Alckmin e Bolsonaro
(Reprodução)

SÃO PAULO - Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (6) mostrou que deve acontecer segundo turno na eleição presidencial, disputa que deve ficar entre Jair Bolsonaro (PSL), que cresceu e chegou a 41% dos votos válidos, e Fernando Haddad (PT), que agora tem 25% das intenções.

Na terceira colocação agora aparece Ciro Gomes (PDT), isolado com 13% dos votos, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 8%. Na sequência agora fica João Amoêdo (Novo) e Marina SIlva (Rede), ambos com 3%.

Confira os números dos candidatos:

Jair Bolsonaro (PSL): de 36% para 41%
Fernando Haddad (PT): de 22% para 25%
Ciro Gomes (PDT): de 11% para 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): de 7% para 8%
João Amoêdo (NOVO): de 2% para 3%
Marina Silva (REDE): manteve 3%
Alvaro Dias (PODE): de 1% para 2%
Cabo Daciolo (PATRI): manteve 2%
Henrique Meirelles (MDB): manteve 2%
Guilherme Boulos (PSOL): manteve 1%
Eymael (DC): manteve 0%
Vera (PSTU): manteve 0%
João Goulart Filho (PPL): manteve 0%

O Ibope ouviu 3.010 eleitores nos dias 5 e 6 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo Nº BR-01537/2018. Os contratantes foram o Estado e a TV Globo.

Votos totais
No cenário considerando os votos brancos e nulos, Bolsonaro chegou a 36%, 14 pontos na frente de Haddad, que aparece com 22% das intenções. Já Ciro aparece com 11%, seguido por Alckmin, que tem 7%. Confira:

Jair Bolsonaro (PSL): 36%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Marina Silva (Rede): 3%
Cabo Daciolo (Patriota): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
João Amoêdo (Novo): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 1%
Guilherme Boulos (PSOL) 1%
Eymael (DC): 0%
Vera (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Branco/ Nulo: 7%
Não sabe/ Não respondeu: 5%

Rejeição
Na avaliação da rejeição, o cenário se manteve muito parecido com os últimos, em que o deputado do PSL tem 43% de eleitores que dizem não votar nele, contra 36% do petista. A terceira mais rejeitada é Marina Silva (Rede), com 22%, seguida por Alckmin, com 16%. Confira os números:

Jair Bolsonaro (PSL): 43%
Fernando Haddad (PT): 36%
Marina Silva (REDE): 22%
Geraldo Alckmin (PSDB): 16%
Ciro Gomes (PDT): 15%
Henrique Meirelles (MDB): 10%
Alvaro Dias (PODE): 9%
Cabo Daciolo (PATRI) 9%
Guilherme Boulos (PSOL): 9%
Eymael (DC): 8%
João Amoêdo (NOVO): 8%
Vera (PSTU): 7%
João Goulart Filho (PPL): 6%
Poderia votar em todos (resposta espontânea): 2%
Não sabem ou preferem não opinar: 7%

Segundo turno
Nos cenários para segundo turno, a disputa entre os dois favoritos a chegarem lá, Bolsonaro e Haddad, segue empatada no limite da margem de erro, com o deputado agora ganhando força, ficando com 45% contra 41% do petista. O candidato do PSL vence também de Alckmin e Marina nos cenários analisados, perdendo numericamente apenas para Ciro Gomes, com quem empata no limite da margem de erro.

Ciro Gomes 45% x 41% Jair Bolsonaro (branco/nulo 11%; não sabe 2%)
Geraldo Alckmin 40% x 43% Jair Bolsonaro (branco/nulo 14%; não sabe 3%)
Jair Bolsonaro 46% x 36% Marina Silva (branco/nulo 15%; não sabe 3%)
Fernando Haddad 41% x 45% Jair Bolsonaro (branco/nulo 12%; não sabe 3%)

A hora de investir em ações é agora: abra uma conta na Clear com taxa ZERO de corretagem

 

Contato