Em mercados / politica

Em SP, Bolsonaro sobe para 30% e tem mais que o dobro de Alckmin; Haddad chega a 15%, diz pesquisa

Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que Alckmin perdeu 3 pontos em seu Estado e está ainda mais distante do líder Bolsonaro; Marina Silva desidratou 6 pontos

Jair Bolsonaro
(Antonio Cruz/Agência Brasil)

SÃO PAULO - A duas semanas do primeiro turno, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) voltou a crescer entre o eleitorado paulista e agora conta com o apoio de 30,4% no Estado (ante 23,1% em agosto), mais que o dobro das intenções de voto atribuídas ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). É o que mostra o Instituto Paraná Pesquisas em seu mais recente levantamento, feito entre os dias 19 e 23 de setembro, registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o código BR-01413/2018.

Segundo a pesquisa, o apoio a Alckmin minguou de 17,0% para 14,4% entre o eleitorado paulista. O tucano está numericamente atrás do ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT), que foi de 7,3% em agosto para atuais 14,7%. Os dois encontram-se em situação de empate técnico, já que a margem de erro estimada pela pesquisa é de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Em outro pelotão, aparecem o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), com 7,0% (em agosto, ele tinha 7,9%), a ex-senadora Marina Silva (Rede), que desidratou 6 p.p. do último levantamento pra cá e agora tem 5,0% das intenções de voto. O empresário João Amoêdo (Novo), por sua vez, oscilou de 3,5% para 4,4%. Os três candidatos estão tecnicamente empatados.

O senador Álvaro Dias (Podemos) oscilou negativamente de 3,5% para 1,8% das intenções de voto, ao passo que o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) tem 1,9%, ante 1,3% registrados em agosto. O deputado Cabo Daciolo (Patriota) e o historiador Guilherme Boulos (PSOL) têm 0,5% cada, enquanto Vera Lúcia (PSTU) aparece com 0,4%, ante 0,8%. Eymael (DC) e João Goulart Filho (PPL) têm 0,1% cada. Brancos, nulos e indecisos somam 17,7%. Em agosto, este grupo englobava 23,6% do eleitorado paulista.

Quer proteger seus investimentos das incertezas das eleições? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

 

Contato