Em mercados / politica

William Waack debate: o choque de realidade que o novo presidente irá enfrentar

Participaram do programa: Bernard Appy, Eduardo Mufarej e Thomaz Zanotto

SÃO PAULO - Eleições chegando e o grande assunto é o que será do Brasil depois do dia 1 de janeiro de 2019. Uma coisa é certa, o novo presidente terá de enfrentar um "choque de realidade" diante da dura situação fiscal que o país vive. Ou se muda alguma coisa ou não terá como se governar por quatro anos.

O tema é recorrente para qualquer cidadão: como fechar as contas no final do mês se a família gasta mais do que arrecada? Será que isso está sendo discutido pelos candidatos ao governo de 26 estados e Distrito Federal? Quem está preocupado com o tema para assumir uma cadeira no Congresso Nacional e das Assembleias Legislativas?

Este foi o tema debatido por William Waack no Painel WW desta sexta-feira (14), que contou com a presença de: Bernard Appy, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda; Eduardo Mufarej, fundador do movimento RenovaBR e sócio da Tarpon Investimentos; e Thomaz Zanotto, diretor do DEREX (Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior) da FIESP.

Confira o programa completo:

 

Contato