Em mercados / politica

Pesquisa mostra Amoêdo à frente de Alckmin, Marina e Ciro entre mais escolarizados e com maior renda

Segundo levantamento BTG/FSB Pesquisa, candidato do Novo tem apoio de até 15% dos eleitores com renda de mais de 5 salários mínimos e 14% entre grupo com Ensino Superior

João Amoêdo
(Marcello Casal jr/Agência Brasil)

SÃO PAULO - Um levantamento realizado pelo Instituto FSB Pesquisa, encomendado pelo BTG Pactual, mostrou que, apesar de ainda ser desconhecido por 56% dos eleitores, o empresário João Amoêdo (NOVO) aparece numericamente à frente de nomes de maior densidade no cenário espontâneo da corrida presidencial. A pesquisa contou com 2 mil entrevistas por telefone e está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo número BR-06062/2018.

Segundo o levantamento, feito entre 25 e 26 de agosto, o "nanico" tem 3% das intenções de voto no cenário quando nomes dos candidatos não são apresentados aos entrevistados. A situação é de empate técnico, porém vantagem numérica, com os adversários Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), que aparecem com 2% cada. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com 26%, seguido pelo deputado Jair Bolsonaro (PSL), com 19%. O senador Álvaro Dias (Podemos) tem 1% das intenções de voto. Brancos, nulos e indecisos somam 45% dos eleitores.

Pela segmentação, Amoêdo destaca-se entre eleitores com maior nível de escolaridade e renda, moradores das regiões Sudeste e Sul. Entre o grupo com Ensino Superior, o empresário tem apoio de 11% dos entrevistados no cenário espontâneo, atrás apenas de Bolsonaro (31%) e Lula (15%). Já no grupo com renda familiar mensal superior a 5 salários mínimos, Amoêdo tem 12% das intenções de voto, também atrás de Bolsonaro (34%) e Lula (15%). Nas regiões Sul e Sudeste, ele tem apoio de 4% dos respectivos eleitorados, numericamente à frente de Ciro, Alckmin e Marina.

CANDIDATO ENSINO SUPERIOR MAIS DE 5 SALÁRIOS MÍNIMOS SUDESTE SUL
João Amoêdo 11% 12% 4% 4%
Bolsonaro 31% 34% 20% 22%
Lula 15% 15% 19% 17%
Geraldo Alckmin 5% 6% 3% 3%
Marina Silva 3% 3% 2% 3%
Ciro Gomes 5% 5% 2% 2%
Fernando Haddad 1% 1% 0% 0%

Fonte: BTG/FSB Pesquisa (BR-06062/2018)

Embora animadores para o candidato do Novo, os números divergem dos apresentados pela última pesquisa Datafolha, realizada entre 20 e 21 de agosto (veja tabela abaixo). Vale ressaltar, contudo, que as metodologias aplicadas são distintas. Enquanto a pesquisa divulgada pelo BTG foi feita por telefone com 2 mil entrevistas, o Datafolha ouviu 8.433 eleitores de forma presencial. As datas de realização dos levantamentos também são distintas.

CANDIDATO ENSINO SUPERIOR < 5 SALÁRIOS MÍNIMOS / < 10 SM < 10 SALÁRIOS MÍNIMOS SUDESTE SUL
João Amoêdo 3% 3% 5% 1% 1%
Bolsonaro 23% 26% 30% 16% 23%
Lula 14% 14% 13% 13% 11%
Geraldo Alckmin 4% 4% 6% 3% 1%
Marina Silva 3% 2% 2% 2% 1%
Ciro Gomes 4% 3% 6% 2% 1%

Fonte: Datafolha (BR-04023/2018)

O levantamento BTG/FSB Pesquisa também mostrou Amoêdo com 4% nos dois cenários estimulados testados. No primeiro, o ex-presidente Lula lidera com 35% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 22%. Marina Silva tem 9%, contra 6% de Alckmin e 5% de Ciro Gomes. Com isso, o candidato do Novo está tecnicamente empatado com o tucano e o pedetista. Brancos, nulos e indecisos somam 15%.

No segundo cenário, quando Lula é substituído por seu vice, Fernando Haddad, o deputado Jair Bolsonaro herda a dianteira da disputa, com 24% das intenções de voto. Logo atrás, aparece Marina Silva, com 15%. Alckmin tem 9%, Ciro tem 8% e Haddad tem 5%. Amoêdo está tecnicamente empatado com o petista e o pedetista. O grupo dos "não voto" soma 28%.

Eis os destaques da segmentação (cenário 1/ cenário 2) na BTG/FSB:

CANDIDATO ENSINO SUPERIOR MAIS DE 5 SALÁRIOS MÍNIMOS SUDESTE SUL
João Amoêdo 13%/14% 14%/15% 5%/6% 5%/5%
Bolsonaro 31%/32% 35%/35% 23%/25% 26%/28%
Lula 18%/- 19%/- 24%/- 27%/-
Geraldo Alckmin 6%/7% 6%/8% 9%/12% 4%/10%
Marina Silva 6%/8% 3%/5% 10%/15% 8%/10%
Ciro Gomes 8%/8% 8%/9% 4%/7% 6%/7%
Fernando Haddad -/10% -/10% -/5% -/4%

Abaixo os mesmos recortes (cenário 1/ cenário 2) no Datafolha:

CANDIDATO ENSINO SUPERIOR < 5 SALÁRIOS MÍNIMOS / < 10 SM  < 10 SALÁRIOS MÍNIMOS  SUDESTE SUL
João Amoêdo 5%/5% 5%/5% 7%/6% 2%/2% 2%/2%
Bolsonaro 27%/27% 32%/32% 30%/33% 20%/22% 28%/30%
Lula 25%/- 23%/- 20%/- /- /-
Geraldo Alckmin 8%/8% 7%/9% 10%/11% 9%/12% 5%/6%
Marina Silva 9%/12% 6%/10% 5%/6% 10%/16% 6%/10%
Ciro Gomes 6%/10% 5%/9% 8%/13% 5%/9% 4%/8%
Fernando Haddad -/9% -/8% -/9% -/5% -/2%

O Instituto FSB Pesquisa entrevistou, por telefone, 2.000 eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 Unidades da Federação. A margem de erro total da amostra é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. Isso significa que, se o questionário fosse aplicado mais de uma vez no mesmo período e sob mesmas condições, esta seria a chance de o resultado se repetir dentro da margem de erro máxima, estabelecida em 3,2 pontos percentuais. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-06062/2018, e custou R$ 65.000,00.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato