Em mercados / politica

Abaixo-assinado para João Amoêdo participar de debates chega a 140 mil assinaturas

Em seu Twitter, o candidato comemorou a marca de 135 mil assinaturas e avisou que a meta para hoje é atingir os 200 mil apoiadores

João Amoêdo
(Reprodução/Facebook)

SÃO PAULO - Em apenas três dias, o abaixo-assinado criado para que o candidato João Amoêdo, do Novo, participe dos debates eleitorais na televisão já superou a marca de 100 mil assinaturas. Até o fim da manhã desta terça-feira (7), a lista já tinha cerca de 140 mil assinaturas.

Em seu Twitter, o candidato comemorou a marca de 135 mil assinaturas e avisou que a meta para hoje é atingir os 200 mil apoiadores. Por ter baixa intenção de voto nas pesquisas e não ter uma grande bancada no Congresso, Amoêdo corre grande risco de não ser convidado para participar dos debates diante da grande quantidade de candidatos que vão disputar o pleito deste ano.

Pela legislação eleitoral, só os candidatos de partidos com pelo menos cinco parlamentares têm participação garantida nos debates, sendo que a inclusão de mais nomes no programa fica a cargo de cada emissora. "Todo candidato deveria ter o mesmo espaço nos veículos de imprensa. Só assim o cidadão poderá escolher o melhor candidato", disse Amoêdo.

Na próxima quinta-feira (9), ocorre o primeiro debate na TV, na Band, e segundo Amoêdo, o apresentador Ricardo Boechat adiantou nesta manhã que ele não será convidado porque sua coligação não tem um mínimo de 5 deputados federais e senadores. "Como isso seria possível se essa é nossa 1ª eleição nacional? Não vamos fazer como a velha política e coligar por tempo de TV", criticou o candidato.

Além do abaixo-assinado, Amoêdo também lançou uma hashtag no Twitter e Facebook para pressionar as redes de televisão a convidarem ele para os debates. "Se você quer que eu participe do debate da Band, pressione nas redes sociais com #JoãonaBand. Se todo mundo pedir, fica mais difícil para a Band dizer não", disse no Twitter.

Quer investir em ações com a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato