Em mercados / politica

Doria não mudou nada de São Paulo e só faz sucesso no celular, diz FHC; prefeito rebate

"Respeito muito o presidente FHC, mas acho que ele está precisando sair um pouco de seu apartamento e visitar São Paulo", disse o prefeito

João Doria
(Bloomberg)

SÃO PAULO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez duras críticas ao prefeito de São Paulo, João Doria, nesta sexta-feira (23), sugerindo que ele faz mais publicidade do que realiza ações na cidade. As declarações foram feitas durante palestra para convidados do laboratório Alta, de medicina diagnostica, na capital paulista, e as informações são do jornal Folha de S. Paulo.

FHC estava fazendo uma análise sobre políticos modernos e o uso da tecnologia quando falou sobre o desempenho de Doria. "Isso aqui está no meu bolso [celular], não está na minha alma. O mundo hoje tem isso aqui na alma. Pega qualquer um. Por que o prefeito de São Paulo está fazendo algum sucesso? Ele [se dedica] para isso o dia inteiro. Ele fez, mudou alguma coisa? Não vi. Mas aqui ele sabe", disse.

O ex-presidente também falou sobre o candidato do PSDB para a eleição de 2018. Segundo ele, o partido precisa escolher logo o seu nome e que é preciso mudar de direção. "Não estou propondo que seja ele [Doria], não, mas acho que precisamos mudar de geração. Para poder fazer frente a esse mundo novo, precisamos de outra cabeça, outra geração, pessoas que possam se comunicar com os mais jovens e de maneira mais atualizada", afirmou.

Ainda segundo a Folha, em Miami, onde participou de uma conferência de prefeitos, Doria rebateu a crítica do ex-presidente. "Respeito muito o presidente FHC, mas acho que ele está precisando sair um pouco de seu apartamento e visitar São Paulo", disse.

 

Contato