Em mercados / politica

Mesmo com recuperação, desempenho de bolsas sob Obama não foi espetacular

Desempenho campeão ficou com o democrata Franklin Delano Roosevelt, que viu o Dow Jones disparar quase 200% durante 1933 e 1936

Obama em campanha - eleições EUA
(Kevin Lamarque/Reuters)

SÃO PAULO - Desde que Barack Obama, atual presidente norte-americano, tomou posse em janeiro de 2009, o Dow Jones, um dos principais índices da bolsa por lá, subiu mais de 50% - um desempenho impressionante. 

Obama "ganhou" o ingrato presente de comandar a maior economia mundial durante a reconstrução de uma crise - e de um forte crash na bolsa. Isso poderia indicar uma forte alta, já que as bolsas estariam em patamares muito baixo. Mas não foi o que ocorreu, se comparado à outros presidentes que tiveram essa "sorte" - ou infortúnio, de lidar com uma crise desse tamanho. 

Segundo levantamento do InfoMoney, nos quatro primeiro anos de cada presidente, é mais comum o índice norte-americano registrar ganhos do que quedas. Foram excluídos do ranking presidentes que iniciaram seus governos no meio do mandato do antecessor, como Gerald Ford, ou que deixaram o cargo antes do fim, como o popular John F. Kennedy, assassinado em 1963. 

O desempenho campeão ficou com o democrata Franklin Delano Roosevelt, que viu o Dow Jones disparar quase 200% durante 1933 e 1936 - em recuperação ao grande crash de 1929. FDR é considerado um dos melhores presidentes da história americana, por conta de sua liderança durante a Grande Depressão e Segunda Guerra Mundial. 

O desempenho do índice normalmente importa: ele determina o bom humor dos mercados internacionais, inclusive o brasileiro. O também democrata Jimmy Carter amarga a pior colocação, tendo visto a bolsa recuar 4,05% entre 1977 e 1980.

Para Obama, um alento. O único presidente que viu a bolsa crescer menos do que o democrata viu é o republicano Ronald Reagan, que governou o país entre 1981 e 1988. Considerado pelos norte-americanos como o melhor presidente da segunda metade do século XX, Reagan viu a bolsa crescer sobretudo no segundo mandato, já que o primeiro teria sido dedicado a resolver problemas econômicos herdados de Carter. 

Presidente Período Partido Desempenho do Dow Jones
Franklin Delano Roosevelt 1933-1936 Democrata +198,54%
Bill Clinton 1993-1996 Democrata +95,34%
Dwight Einsenhower 1953-1956 Republicano +71,28%
George Bush 1989-1992 Republicano +52,26%
Barack Obama 2009-2012 Democrata +51,16%
Ronald Reagan 1981-1984 Republicano +25,70%
George W. Bush 2001-2004 Republicano -0,03%
Jimmy Carter 1977-1980 Democrata -4,05%

 

Contato