[podcast]Mercados apoiam-se em bancos e imóveis e apontam para nova sessão de ganhos

Internamente, investidores acompanham confirmação de fusão entre Sadia e Perdigão, além de notícias sobre Vale

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

Ainda afetados pelos ganhos da véspera, os mercados globais seguem com sinais favoráveis nesta terça-feira. As bolsas europeias sobem, assim como os futuros dos Estados Unidos, refletindo o desempenho positivo de bancos e commodities.

Mercado innternacional

Notícias apontando a desalavancagem do setor financeiro agradam os mercados. Crescem os rumores de que instituições como Goldman Sachs e Morgan Stanley, devolverão cerca de US$ 45 bilhões emprestados pelo governo norte-americano .

Por lá a agenda econômica é tímida, enfatizando o panorama imobiliário, com a divulgação do Housing Starts e do Building Permits, ambos referentes a abril. Ao mesmo tempo, estatísticas mostram um declínio pouco usual no mercado de derivativos.

Aprenda a investir na bolsa

Em nosso giro pelos mercados internacionais, passamos pelo continente europeu, onde os principais índices acionários operam em alta apoiados no forte desempenho do setor bancário. Também ganha destaque o resultado da gigante de telefonia Vodafone, que obteve resultados em linha com estimativas de analistas.

Na Ásia, o índice Nikkei fechou com forte valorização neste dia, impulsionado por empresas exportadoras e bancos, assim como a bolsa de Hong Kong. Também em Xangai foi registrado movimento positivo, com destaque para a influência de companhias petrolíferas.

No Brasil

No Brasil, o IPC-Fipe referente à segunda prévia de maio apontou inflação de 0,34%, taxa idêntica à registrada no acumulado da primeira quadrissemana.

Contudo, o grande destaque recai para Perdigão e Sadia que revelam detalhes do processo de fusão entre as duas empresas, com a criação da Brasil Foods. Por outro lado, o presidente da Vale garantiu que as conversas para reajuste do minério de ferro estão perto do fim.