Cenário para a commodity

Plano da China de reduzir produção de aço abala minério de ferro

O abalo coincidiu com novos sinais de ampla oferta

(Bloomberg) — O preço do minério de ferro sentiu o impacto dos planos da China de controlar a produção de aço no próximo ano, uma ameaça à demanda em um ano de fortes ganhos para a commodity. O abalo coincidiu com novos sinais de ampla oferta.

A China quer assegurar uma produção menor de aço bruto em 2021, segundo a agência de notícias Xinhua, que citou o ministro da Indústria, Xiao Yaqing. O governo planeja novas diretrizes para a substituição da capacidade de aço e também visa reduzir as emissões de carbono, disse.

O mercado global de minério de ferro gira em torno da força da indústria de aço da China, que compra mais da metade da oferta transoceânica de mineradoras na Austrália e no Brasil, como BHP, Rio Tinto e Vale. A produção de aço na China registra ritmo recorde neste ano, quando o governo aumentou o estímulo para aliviar o impacto da pandemia de coronavírus. Esse fator e gargalos de oferta elevaram os contratos futuros ao maior nível desde pelo menos 2013.

O minério de ferro “caiu recentemente, principalmente por causa do aumento dos embarques ao exterior no final do ano”, disse por telefone Ma Liang, analista da Guotai Junan Futures. A notícia sobre o corte da produção de aço “abalou ainda mais o ânimo do mercado”, o que levanta questões se a demanda permanecerá elevada no próximo ano, disse Ma.

Os futuros mais ativos chegaram a cair 4,4%, para US$ 153,80 a tonelada na Bolsa de Cingapura, e eram negociados a US$ 155,20 às 13h34 no horário local. Seria o menor fechamento desde 16 de dezembro. Em Dalian, o minério de ferro caiu 3,7%, enquanto os contratos de aço subiram em Xangai.

Sinais de aumento na oferta de minério de ferro se acumulam. Os embarques da Austrália aumentaram para 20,1 milhões de toneladas na semana até 25 de dezembro, em relação a 15,8 milhões de toneladas na semana anterior, de acordo com dados preliminares da Global Ports compilados pela Bloomberg.

No Brasil, as exportações somaram, em média, 1,48 milhão de toneladas diárias nos primeiros 18 dias úteis de dezembro, acima do ritmo de novembro e da taxa no mesmo período do ano anterior.

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!