PetroRecôncavo define pagamento de JCP e Petrobras recontratará trabalhadores da ANSA

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quinta-feira (13)

Ana Paula Ribeiro Felipe Moreira

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Publicidade

O radar corporativo desta quinta-feira (12) tem como destaque a definição da data de pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) da PetroRecôncavo (RECV3). Além disso, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) homologou o acordo para a convocação de ex-trabalhadores pela Araucária Nitrogenados S/A (Ansa), subsidiária da Petrobras (PETR4).

A Allos (ALOS3), por sua vez, suspendeu negociações para comprar 15% do Shopping Rio Sul.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita 

Continua depois da publicidade

Já a B3 (B3SA3) registra queda em volume financeiro e número de investidores em maio.

Confira mais destaques:

Petrobras (PETR4)

A Petrobras (PETR4) informou que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) homologou, na última quarta-feira (12), o acordo para a convocação de aproximadamente 250 trabalhadores pela Araucária Nitrogenados S/A (Ansa), subsidiária da Petrobras. O acordo proposto pelo Ministério Público do Trabalho foi homologado pelo TST.

Continua depois da publicidade


Os profissionais convocados são técnicos de operações especializados no funcionamento da planta industrial e estão em processo admissional conduzido pela Ansa. Eles serão readmitidos como funcionários da subsidiária, sem vínculo empregatício direto com a Petrobras. Esses trabalhadores foram dispensados da fábrica em 2020, quando ela entrou em hibernação. Ainda não há data para a fábrica voltar a operar.

PetroRecôncavo (RECV3)

A PetroRecôncavo (RECV3) definiu para o próximo dia 17 a data de pagamento dos R$ 410 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP). O valor corresponde a R$ 1,398827 por ação.



B3 (B3SA3)


A B3 (B3SA3), operadora da Bolsa brasileira, registrou em maio uma queda de 8,8% no volume financeiro médio diário de ações na comparação com o mesmo mês do ano passado. Na comparação com abril, o recuo foi de 3,4%.

Continua depois da publicidade

O volume dos mercados à vista, à termo e de opções totalizou uma média diária de R$ 24,7 bilhões, segundo dados divulgados pela empresa nesta quarta-feira (12).

Allos (ALOS3)

A administradora de shoppings Allos (ALOS3) desistiu, por enquanto, da compra de uma fatia de 15% no Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro. A intenção da compra foi anunciada em maio, mas uma das condicionantes da proposta não se confirmou e as negociações foram suspensas, segundo fato relevante divulgado nesta quarta-feira (12).

De acordo com o anúncio feito no mês passado, a Allos e um conjunto de investidores comprariam 54% da participação do Rio Sul detida indiretamente pelo FIP Retail no Shopping Rio Sul. Nesse acordo, a parte da Allos seria equivalente a 15% do shopping.

Continua depois da publicidade



São Carlos (SCAR3)

A São Carlos Empreendimentos (SCAR3) anunciou nesta quarta-feira a venda de 30 ativos do segmento de varejo por um total de R$ 486,5 milhões, segundo fato relevante.

Esses 30 ativos somam 68.967 m² de área bruta locável (ABL). São 25 centros de conveniência e cinco lojas de rua.

Ainda de acordo com o documento, a vendedora receberá 52,8% do total no ato da assinatura da escritura. Uma segunda parcela, equivalente a 28,3% do total, será paga em 12 meses, sendo o valor corrigido pelo IPCA. O restante será pago em 24 meses, também corrigido pelo IPCA.

Continua depois da publicidade

Kleper Weber (KEPL3)

A Kleper Weber (KEPL3), fabricante de sistemas de armazenagem agrícola, anunciou nesta quarta-feira a renúncia de Paulo Geraldo Polezi, diretor financeiro e de relações com investidores, segundo fato relevante

Paulo Polezi continuará a exercer suas funções até o dia 12 de julho. Bernardo Osborn Gomes Nogueira, diretor-presidente, acumulará a função de diretor de RI a partir do dia 13 de julho.

Coelba (CEEB3)

A Coelba (CEEB3) concluiu o processo de precificação (bookbuilding) de sua emissão de debêntures de R$ 1 bilhão, que está dividida em duas séries.

As debêntures da primeira série irão pagar a taxa DI mais um spread de 0,95% ao ano. Já a remuneração da segunda série será de DI mais 1,10% ao ano.

Cruzeiro do Sul (CSED3)

A Cruzeiro do Sul (CSED3) informou nesta quarta-feira, 12, que concluiu a aquisição do Centro de Ensino Superior de Pinhais, localizado na cidade de Pinhais, no Paraná.