Mercados

Petróleo sobe e Bolsas da Europa abrem com tendências mistas; investidores aguardam dados do seguro-desemprego nos EUA

O PMI da zona do euro, que mede a atividade da indústria e do setor de serviços, despencou para 13,5 pontos em abril. Números abaixo de 50 indicam retração

Pedestres usam máscaras de proteção na cidade de Milão, na Itália (crédito: JOSI DONELLI/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os mercados começam a quinta-feira com dados positivos e negativos, o que já se refletiu na abertura das Bolsas europeias.

Por volta das 7h, o índice Dax, da Bolsa alemã, tinha leve queda de 0,1%. O índice CAC-40, da França, subia 0,4% e o FTSE, do Reino Unido, estava no zero a zero (acompanhe a cobertura dos mercados em tempo real no Telegram do InfoMoney).

Os preços do petróleo continuaram a se recuperar do tombo histórico do começo da semana. Por volta das 7h, o contrato futuro WTI com vencimento em junho subia 14%, para US$ 15,76 o barril. Já o Brent tinha alta de 10%, para US$ 22,37 o barril.

Aprenda a investir na bolsa

Já o Índice dos Gestores de Compras (PMI, na sigla em inglês) da zona do euro, que mede a atividade da indústria e do setor de serviços, despencou para 13,5 pontos em abril, informa a CNBC.

Em março, o PMI estava em 29,7 pontos. Qualquer resultado abaixo dos 50 pontos indica retração econômica. Na França, o PMI Composto tombou para 11,2 pontos em abril – pior resultado desde que a Markit começou a fazer a sondagem em 1998.

Alguns resultados corporativos do primeiro trimestre vieram acima das expectativas, como o do banco Credit Suisse, que obteve um lucro líquido de 1,31 bilhão de francos suíços no primeiro trimestre de 2020, uma expansão de 75% sobre igual período do ano passado.

Mas, como outras instituiçõess, o CS também fez uma provisão relevante para fazer frente às perdas esperadas com a inadimplência.

A montadora francesa Renault reportou uma queda de 19,2% nas vendas do primeiro trimestre, mas alertou que é cedo para avaliar os impactos que a epidemia do coronavírus poderá ter no lucro. As ações da Renault subiam 1,2% em Paris.

Nos Estados Unidos, todas as atenções estão nos pedidos do seguro-desemprego da semana passada, que o Departamento do Trabalho divulga nesta manhã. A expectativa de economistas ouvidos pela CNBC é de que os pedidos fiquem em 4,3 milhões. Nas últimas quatro semanas, mais de 22 milhões de trabalhadores americanos fizeram o pedido.

PUBLICIDADE

Nesta manhã, o índice futuro do Dow Jones subia 0,1% e o do S&P 500 tinha alta de 0,2%.

Na Ásia, as Bolsas de valores fecharam mistas. Tóquio avançou 1,52% no Nikkei 225 e Seul fechou em alta de 0,98% no índice Kospi, mesmo com a informação de que o PIB sul-coreano teve retração de 1,4% no primeiro trimestre. A bolsa de Xangai fechou em leve queda.

Tudo o que você precisa saber para lucrar na Bolsa de Valores operando da sua casa em um curso gratuito: clique aqui e participe!