Diesel S-10

Petrobras: setembro teve produção recorde de diesel com baixo teor de enxofre pelo 4º mês seguido

Além disso, as vendas também atingiram a máxima histórica

Aprenda a investir na bolsa

A produção de Diesel S-10, de baixo teor de enxofre, pela Petrobras (PETR3;PETR4) voltou a bater recorde em setembro, de acordo com a petroleira. Foram produzidos 1,89 milhão de metros cúbicos, no quarto recorde seguido.

Além disso, as vendas também atingiram a máxima histórica, chegando a 1,91 milhão de metros cúbicos. O volume é 7,3% maior que o do recorde anterior, de 1,78 milhão de metros cúbicos, registrado em julho deste ano.

“O crescimento da produção do Diesel S-10 ocorre nos últimos anos em função de maior demanda pelo produto no Brasil, que acompanha a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel”, explica a empresa em comunicado.

Aprenda a investir na bolsa

No âmbito das vendas, a Petrobras atribui o novo recorde às ações comerciais implementadas para reduzir os efeitos da pandemia da covid-19 sobre a demanda por combustíveis no País. Também contribuem, de acordo com a companhia, os esforços para reduzir a oferta do Diesel S-500, de maior teor de material poluente.

Os níveis de produção do S-10 pela petroleira vêm batendo recordes desde junho. Naquele mês, foram produzidos 1,63 milhão de metros cúbicos do combustível. Em julho, a produção subiu a 1,81 milhão de metros cúbicos, e em agosto, chegou a 1,84 milhão.

Semana dos Vencedores: aprenda a fazer operações com potencial de ganho de R$ 50 a R$ 500, operando apenas 10 minutos por dia, em um workshop gratuito!