Plano estratégico

Petrobras prevê pagar US$ 34 bilhões em dividendos até 2024

Segundo a diretora financeira da empresa, o pagamento passará por um aumento substancial quando a dívida bruta da petrolífera atingir US$ 60 bi

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Petrobras afirmou nesta quarta-feira (4) durante evento na bolsa de valores de Nova York que pretende distribuir US$ 34 bilhões em dividendos entre 2020 e 2024. A declaração foi feita pela diretora financeira da Petrobras, Andrea Almeida, na apresentação do plano estratégico 2020-2024 da empresa.

Segundo ela, o pagamento de dividendos passará por um aumento substancial quando a dívida bruta da petrolífera atingir US$ 60 bilhões.

Enquanto isso, o presidente da companhia, Roberto Castello Branco, disse que a Petrobras fará “o que for necessário para atingir grau de investimento”, mas que reduzir a alavancagem não irá garantir este nível.

Andrea disse ainda que a petrolífera prevê reduzir em 15% seus gastos corporativos e em 10% os custos até 2021, com a intenção de diminuir a diferença entre seus valores de mercado e patrimonial nos próximos dois anos.

Já Castello Branco disse que a participação da BR Distribuidora pode levantar de US$ 2 bilhões a US$ 3 bilhões.

Além disso, o plano apresentado mostra uma meta de desinvestimento de US$ 20 bilhões a US$ 30 bilhões até o fim de 2024, sem contar a venda de ações da BR Distribuidora, participação da Braskem ou venda de ativos bolivianos.

A Petrobras disse ainda que investirá US$ 64 bi em exploração e produção de 2020 a 2024, sendo que a Bacia de Campos será responsável por US$ 20 bi no mesmo período.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações