Radar InfoMoney

Petrobras (PETR4) faz nova descoberta no pré-sal, Vale (VALE3) em “discussões avançadas” para venda de ativos e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta segunda-feira (4)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta segunda-feira (04) tem como destaque a nova descoberta de petróleo no pré-sal pela Petrobras (PETR3;PETR4). Além disso, o empresário Rodolfo Landim, presidente do Clube de Regatas do Flamengo, recusou a indicação ao posto de presidente do conselho de administração da estatal.

Já a Vale (VALE3) informou sobre potencial desinvestimento do Sistema Centro-Oeste.

A CBA (CBAV3) fará oferta secundária de ações de R$ 677,6 milhões, sem considerar ações adicionais.

A rede de hospitais Kora Saúde (KRSA3) aprovou a captação de até R$ 700 milhões em debêntures simples, não conversíveis em ações.

O governo federal regulamentou uma possível oferta secundária de ações da Eletrobras (ELET3;ELET6) caso seja necessária para diluir o controle acionário da União durante a privatização.

Confira os destaques:

Petrobras (PETR3;PETR4)

O empresário Rodolfo Landim, presidente do Clube de Regatas do Flamengo, recusou neste domingo (3) a indicação ao posto de presidente do Conselho de Administração da Petrobras (PETR3;PETR4).

Ele comunicou sua decisão em nota publicada no site do Flamengo e informou ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, através de uma carta.

A estatal também informou a descoberta de nova acumulação de petróleo no pré-sal da porção sul da Bacia de Campos, em poço pioneiro no bloco Alto de Cabo Frio Central.

O poço 1-BRSA-1383A-RJS está localizado a 230 km da cidade do Rio de Janeiro-RJ, em profundidade d’água de 1.833 metros.

Vale (VALE3)

A mineradora Vale (VALE3) informou na sexta-feira que está em “discussões avançadas” para vender as empresas de minério de ferro, minério de manganês e logística que compõem o Sistema Centro-Oeste.

O sistema produziu 2,7 milhões de toneladas de minério de ferro e cerca de 200 mil tonelada de minério de manganês, contribuindo com 110 milhões de dólares em  lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) da companhia, informou a empresa em comunicado.

Eletrobras (ELET3; ELET6)

O governo federal regulamentou, por meio de decreto, uma possível oferta secundária de ações da Eletrobras (ELET3;ELET6) caso seja necessária para diluir o controle acionário da União durante a privatização. O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União na última sexta-feira, 1º.

A possibilidade de uma segunda oferta de ações da empresa estava prevista na medida provisória, já convertida em lei, que autoriza a desestatização. A privatização será feita por meio de aumento de capital, que é a venda de novas ações no mercado, mas sem a participação da União, que hoje possui 51,82% das ações ordinárias. A expectativa é que o volume de ações adquiridas por entes privados seja suficiente para diluir essa participação.

Caso a União não perca o controle da companhia na primeira oferta, serão ofertadas ações que estão em posse do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ou de suas controladas, principalmente as detidas pelo BNDES Participação, o BNDESPar. Esses papéis equivalem a 16,78% do total de ações ordinárias da Eletrobras.

CBA (CBAV3

A CBA (CBAV3) lançou oferta subsequente de ações (follow on) de R$ 677,6 milhões, sem considerar lotes adicionais.

Kora Saúde (KRSA3)

O conselho de administração da rede de hospitais Kora Saúde aprovou a captação de até R$ 700 milhões em debêntures simples, não conversíveis em ações. A 1ª emissão de debêntures da empresa será dividida em duas séries, com total de 700 mil papéis, valor nominal de R$ 1 mil e vencimentos em maio de 2027, na primeira série, e em maio de 2029, na segunda série.

Segundo a companhia, os recursos serão utilizados para reforço de caixa e alongamento da dívida.

A Kora Saúde também concluiu a aquisição de quotas representativas de 100% do capital social do Instituto de Diagnósticos Especializados (IDE), clínica  especializada em diagnósticos por imagem que está localizada no mesmo complexo do Hospital Meridional Serra, em Serra, Espírito Santo.

Totvs (TOTS3)

A Totvs (TOTS3) adquiriu ações que representam 100% do capital social da GESPLAN pelo montante de R$ 40 milhões à vista.

Adicionalmente, o contrato prevê o pagamento de preço complementar sujeito ao cumprimento de metas estabelecidas pela GESPLAN relativas aos exercícios de 2022 e 2023 e ao cumprimento de outras condições.

Pague Menos (PGMN3)

A rede de farmácias Pague Menos aprovou aumento de até R$ 5 milhões na remuneração da sua diretoria e conselheiros referente ao ano de 2022. Com a elevação, a cifra passou de até R$ 30 milhões em 2021 para até R$ 35 milhões neste ano.

Do montante, a maioria, ou até R$ 34 milhões serão destinados à diretoria da Pague Menos, enquanto R$ 1 milhão é para remunerar os integrantes do Conselho da companhia.

Atacadão (CRFB3)

O Atacadão (CRFB3) nomeou Samuel James como novo diretor executivo de transformação digital.

Ele assume como Chief Digital Officer a partir de 4 de Abril de 2022. 

Samuel iniciou sua carreira em 2010 no Groupon UK, onde foi Diretor Regional da região.

Auren (AURE3

A Auren (AURE3) informou que a data para o pagamento do valor de resgate das Ações PN originalmente fixado para o dia 4 de abril foi postergada para o dia 8 de abril, de forma a possibilitar a adequada conclusão de determinadas providências necessárias à operacionalização do pagamento.

A título do valor do resgate, a Auren pagará o valor de R$ 17,829582502256 por cada uma das Ações PN resgatada, totalizando o montante de até R$ 78.547.833,46.

Dasa (DASA3)

A Dasa (DASA3) anunciou que sua subsidiária Ímpar Serviços Hospitalares fechou a aquisição de 100% da CENTRON – Centro de Tratamento Oncológico,  que atua na Cidade do Rio de Janeiro, com a prestação de serviços de quimioterapia e assistência médica nas áreas de hematologia, oncologia e especialidades correlatas, incluindo transplantes de medula óssea.

Allpark (ALPK3

A Allpark (ALPK3) informou que concluiu a aquisição da ON Tecnologia e Mobilidade Urbana.

O valor do reembolso aos acionistas da companhia que exerceram tempestivamente o seu direito de recesso, no montante de R$ 3,55 por ação, será efetuado no dia 6 de abril.

CPFL (CPFE3

A CPFL (CPFE3) informou os preços a serem pagos por ações no âmbito da Oferta Pública de Aquisição (OPA) de ações. Serão pagos os valores de R$ 349,29 por ação ordinária e R$ 349,29 por ação preferencial, a ser pago integralmente à vista na data de liquidação financeira da OPA.

Dexco (DXCO3

A Dexco (DXCO3) emitiu notas comerciais no valor de R$ 300 milhões. As notas foram emitidas pelo valor de R$ 1.000,00,  as quais são objeto de oferta pública, com esforços restritos de distribuição.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe