Comunicados

Petrobras pagará R$ 2,3 bi em juros sobre capital próprio

A estatal também informou que aderiu a programas tributários de alguns estados, cujos débitos chegam R$ 3,6 bilhões

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou nesta quarta-feira (18) que seu conselho de administração aprovou o pagamento antecipado de R$ 2.352.827.349,18 em juros sobe capital próprio.

O valor corresponde a R$ 0,42 por ação preferencial da companhia. O pagamento será realizado em 07 de fevereiro de 2020 pagar os acionistas que tiverem ações da empresa no dia 26 de dezembro, com os papéis passando a negociar na forma “ex” a partir de 27 de dezembro.

Segundo a Petrobras, a antecipação do pagamento “está alinhada às premissas de estabilidade e previsibilidade dos fluxos de pagamento aos acionistas, conforme previsto na Política de Remuneração aos Acionistas da Petrobras”.

Como aproveitar?

Aprenda a investir na bolsa

Para ter direito aos proventos adicionais é preciso comprar os papéis e segurá-los em sua carteira de investimentos até a ‘data-com’, ou seja, o último dia para estar apto a receber o pagamento – no caso, dia 26 de dezembro. A data “ex” é o dia 27 de dezembro.

Primeiro, é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores credenciada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Lembre-se que quanto menor os custos operacionais, maior será a sua rentabilidade. Hoje, corretoras como a Clear oferecem taxa zero para corretagem de ações.

Uma vez com a conta aberta, basta transferir o dinheiro a ser investido de sua conta corrente para a conta da corretora e enviar uma ordem de compra de ações da empresa, informando a quantidade de ações que você deseja comprar.

Petrobras adere a programas tributários

Em outro comunicado, a estatal informou que aderiu aos Programas de Remissão Parcial do Imposto e de Redução de Juros e Multas de Débitos do ICMS, instituídos pelos Estados do Amazonas, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Sergipe.

Segundo a empresa, a inclusão desses débitos nos programas, cujo valor é de R$ 3,6 bilhões, permitirá uma economia de cerca de 70%. Para isso, a empresa fará um pagamento de cerca de R$ 1 bilhão, que será contabilizado no resultado do 4º trimestre de 2019.

Os débitos tributários incluídos são relativos principalmente à apropriação de créditos de ICMS sobre aquisição de mercadorias (produtos em geral), e à cobrança de ICMS nas vendas
interestaduais de gás natural.

PUBLICIDADE

Quer aproveitar os proventos da Petrobras? Clique aqui e abra uma conta na Clear