After Market

Petrobras negocia com Cemig, novo investimento da Marfrig e mais 3 notícias agitam a noite

Entre os destaques da noite, a Even divulgou também sua prévia operacional; Gol informa queestendeu a oferta de recompra de suas notas com vencimento em 2017

Por  Rodrigo Tolotti

SÃO PAULO – Em mais uma noite agitada, diversas empresas divulgaram comunicado após o fechamento do mercado desta quarta-feira (16). Entre os destaques, a Petrobras (PETR3; PETR4) informou acordo com a Cemig (CMIG4), enquanto a Marfrig (MRFG3) anunciou um novo investimento no exterior. Além disso, a Even (EVEN3) ainda apresentou sua prévia operacional do segundo trimestre.

Petrobras
A Petrobras anunciou nesta quarta-feira que está em negociação com a Cemig para vender sua fatia de 40 por cento na distribuidora de gás natural Gasmig.

No comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a petroleira estatal informou que a medida está em linha com seu plano de negócios, que prevê desinvestimentos de ativos no país e no exterior.

De acordo com a Petrobras, a Gasmig é a concessionária exclusiva de distribuição de gás natural canalizado em Minas Gerais e responsável pela distribuição de 4,1 milhões de metros cúbicos por dia por uma rede de cerca de 850 quilômetros de gasodutos.

Marfrig
A Marfrig informou nesta quarta-feira que investirá 170 milhões de libras para promover o crescimento orgânico de sua unidade europeia Moy Park nos próximos cinco a sete anos.

A companhia disse que a projeção de investimentos em 2014, de 600 milhões de reais, inclui os investimentos na Moy Park para este ano.

Gol
A companhia aérea Gol (GOLL4) anunciou nesta quarta-feira que estendeu a oferta de recompra de suas notas com vencimento em 2017, sem valor máximo de aquisição.

“As Notas 2017 oferecidas para aquisição não estão mais sujeitas a rateio”, informou a companhia em comunicado.

O prazo para encerramento das ofertas foi definido 29 de julho, salvo se estendida posteriormente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anteriormente, a Gol planejava recomprar apenas parte dos papéis que venciam em 2017.

A Gol afirmou que até esta quarta-feira, 98,9 milhões de dólares das Notas 2023, ou cerca de 54,95 por cento do total, e 87,8 milhões de dólares das Notas 2017, ou 41,81 por cento do total, foram oferecidas para aquisição.

Even
A construtora e incorporadora Even teve lançamentos maiores no segundo trimestre na comparação anual, mas as vendas caíram e os estoques representaram quase 70 por cento da comercialização no período.

Os lançamentos no segundo trimestre foram de 586 milhões de reais, alta de 14,2 por cento sobre os 513 milhões de reais lançados um ano antes, informou a empresa nesta quarta-feira. No primeiro trimestre deste ano os lançamentos da Even tinham somado 190 milhões de reais.

Entre abril e junho, as vendas contratadas foram de 377 milhões de reais, queda de 38,4 por cento na comparação anual, quando somaram 612 milhões de reais. Já em relação com os três primeiros meses do ano, as vendas cresceram 10,6 por cento.

A velocidade de vendas no período foi de 13 por cento, a mesma do primeiro trimestre.

Do total vendido no segundo trimestre, 33 por cento (126 milhões de reais) foram de lançamentos e 67 por cento (251 milhões) de estoques.

Segundo a companhia, no segundo trimestre foram adquiridos onze novos terrenos com valor potencial de vendas de 1,2 bilhão de reais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Considerando as aquisições dos seis primeiros meses do ano, atingimos 2,3 bilhões de reais em valor potencial de vendas”, disse a empresa em comunicado.

Autometal
A Autometal (AUTM3) informou nesta quarta-feira que concluiu a oferta de resgate antecipado de debêntures distribuída em sua primeira emissão.

A primeira emissão de debêntures da empresa foi aprovada em dezembro de 2011, em um total de 250 milhões de reais.

Eletrobras
A usina nuclear de Angra 2, no Rio de Janeiro, vai parar por 33 dias a partir do próximo sábado para reabastecimento, informou a estatal Eletronuclear nesta quarta-feira.

A Eletronuclear afirmou que já comunicou a parada ao operador do sistema elétrico brasileiro. “Durante o período, o Operador Nacional do Sistema (ONS) realizará manobras no sistema elétrico de forma a garantir o abastecimento seguro de energia”, disse a Eletronuclear.

As paradas para reabastecimento da usina ocorrem a cada 12 meses, de acordo com a empresa.

A previsão é que durante a paralisação, cerca de um terço do combustível nuclear da usina será recarregado. A parada também vai servir para instalação de modificações de projeto que precisam ser feitas com a usina desligada, disse a estatal.

Empresas como Siemens, Westinghouse, Tecnaton e ArevaAREVA.PA foram contratadas para executar o serviço e disponibilizarão cerca de 1.300 profissionais, dos quais 180 estrangeiros, para dar suporte aos técnicos da Eletronuclear.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe