Resultados

Petrobras lucra R$ 1,17 bilhão no 1º trimestre e Ebitda cresce 30,5% na comparação anual

Valorização do petróleo Brent foi responsável pelo aumento da receita apesar da queda nas vendas de derivados para o mercado interno

(Petrobras)

SÃO PAULO – A Petrobras (PETR3; PETR4) lucrou R$ 1,167 bilhão no primeiro trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 48,52 bilhões registrado no mesmo período do ano passado. A média das projeções dos analistas apontava para um lucro líquido de R$ 2,11 bilhões, segundo dados compilados pela Refinitiv.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) ajustado totalizou R$ 48,95 bilhões, o que representa avanço de 30,5% na comparação anual. Na comparação trimestral, o incremento foi da ordem de 4,1%. O mercado esperava um Ebitda de R$ 46,88 bilhões.

O Ebitda ajustado recorrente, por sua vez, atingiu R$ 47,76 bilhões, em alta de 29,3% na base anual e de 36,1% na comparação com o quarto trimestre do ano passado.

Também bastante olhado pelo mercado, o fluxo de caixa livre foi de R$ 31,09 bilhões, avançando 2,8% ante o quarto trimestre e 16,6% sobre os primeiros três meses de 2020.

Por fim, a receita líquida foi de R$ 86,17 bilhões, em uma expansão de 14,2% ante os primeiros três meses de 2020. Em relação ao trimestre anterior o aumento foi de 14,9%. A expectativa dos analistas era de que o faturamento da estatal fosse de R$ 97,93 bilhões no período.

No comunicado, a administração da empresa destaca que o aumento na receita se deveu, principalmente, à valorização de 38% nos preços do barril do petróleo tipo Brent. Outra contribuição foi o faturamento com o diesel, que atingiu R$ 25,2 bilhões.

Ainda em relação ao aumento na cotação do Brent, os gestores da Petrobras explicam que a valorização do petróleo resultou em maiores receitas para os demais derivados, embora o volume de vendas de derivados no mercado interno tenha sofrido redução de 5,6% devido à sazonalidade e às restrições impostas pelas medidas de isolamento social tomadas para conter o avanço da Covid-19.

Outro número importante, a receita com exportações atingiu R$ 22,8 bilhões, dado superior em 16,2% quando comparado ao quarto trimestre de 2020, porém 7,7% abaixo na comparação anual.

“Houve aumento da participação da China nas exportações no primeiro trimestre de 2021, atingindo 56%. Cingapura se manteve como o principal destino das exportações de derivados, com 75%, aproveitando as oportunidades trazidas pelo IMO 2020”, comentou a estatal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em relação ao endividamento, houve uma redução de US$ 18,3 bilhões na dívida bruta na comparação anual e de US$ 4,6 bilhões na comparação trimestral, alcançando US$ 71,0 bilhões. Com isso, o múltiplo dívida líquida dividida pelo Ebitda atingiu 2,03 vezes, a melhor marca da alavancagem da companhia desde 2012.

O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, afirmou que os números demonstram a capacidade do time de gerar resultados sustentáveis para os investidores e para a sociedade em geral, mesmo em um contexto desafiador.

No after-market da Bolsa de Nova York os ADRs (na prática, as ações negociadas nos EUA) subiam 0,22% a US$ 9,24, logo após a divulgação do resultado, mas aceleraram os ganhos. No pré-market da NYSE às 7h16 (horário de Brasília) de sexta-feira (14), os ativos PBR subiam 4,77%, a US$ 9,66.

Stock Pickers lança curso online e gratuito que ensina a identificar ativos com ótimo potencial de valorização. Inscreva-se.