Perspectiva de pouso suave impulsiona bolsas americanas

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

15:50h – 08/12
InfoMoney

São Paulo – As bolsas norte-americanas operam em forte alta no dia de hoje. Os investidores estão confiantes no pouso suave da economia americana, após a divulgação por parte do Departamento de Trabalho norte-americano de que foram criados 94.000 postos de trabalho em novembro, uma queda significativa perante os 137.000 gerados em outubro. A expectativa do mercado era de que fossem criados algo em torno de 150.000 postos de trabalho. Com isso, as ações do setor de tecnologia estão sendo negociadas com forte alta, seguidas pelos papéis de empresas do setor financeiro. O destaque negativo do dia vai para as empresas do setor de bens de consumo e medicamentos.

O índice Dow Jones, que reúne 30 “blue chips” norte-americanas, operava em alta de 0,55% às 11h40 de Nova York. Apesar da divulgação de resultados mais fracos para os próximos trimestres, as ações da Intel apresentavam valorização de 4,84% e estavam entre as mais negociadas. A seguir vinham a fabricante de aviões Boeing (+3,65%) e os conglomerados financeiros Citigroup (+2,64%), American Express (+2,11%) e JP Morgan (+0,86%). O destaque negativo estava por conta das ações da McDonald’s (-3,10%), da Coca-Cola (-1,70%), que anunciou expectativas de lucros menores para 2001 e Exxon Mobil (-1,07%).

O Nasdaq Composite, índice que reúne as empresas do setor de tecnologia, apresentava valorização de 4,39%. O otimismo dos investidores com os números do mercado de trabalho americano superou a decepção causada por anúncios de resultados futuros mais fracos, divulgados por empresas como Apple, Motorola, Bank of America e Intel nos últimos dias. A Verisign, empresa de segurança eletrônica, apresentava alta de 12,37% e se encontrava dentre as mais negociadas. A seguir vinham a fabricante de PCïs Dell (+8,60%), Intel (+4,45%), Oracle (+4,42%) e Apple (+3,06%). Dentre os destaques negativos do pregão de hoje, vale citar a fabricante de sistemas Sun Microsystems (-9,93%), após analistas de mercado preverem uma diminuição em sua taxa de crescimento para os próximos anos e a Yahoo! (-7,16%), com a perspectiva de diminuição na demanda por anúncios on-line.

O S&P 500, que concentra as 500 maiores empresas norte-americanas, encontrava-se em alta de 1,69%. A fabricante de equipamentos Texas Instruments subia 12,39%, recuperando-se da forte desvalorização que sofreu no pregão anterior. Os bancos de investimento Morgan Stanley (+8,47%) e Merrill Lynch (+6,60%) vinham a seguir. Destaque também para a fabricante de equipamentos eletrônicos Motorola, que recuperou-se da forte desvalorização após divulgação de perspectiva de resultados piores que o previsto e era negociada com alta de 6,34%. A seguir vinham as empresas de tecnologia Oracle (+6,18%), Lucent tecnologies (+4,72%) e Cisco Systems (4,26%).

Compartilhe