Bovespa

Par Corretora eleva faixa de preço de IPO e pode captar até R$ 600 milhões

Empresa que comercializa seguros entre a Caixa e a Caixa Seguradora mudou o teto da faixa de preço de venda dos seus papéis no IPO para R$ 11,25 a R$ 12,35

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Dona do primeiro IPO (Oferta Pública Inicial, na sigla em inglês) de 2015, a Par Corretora aumentou ontem o preço máximo da sua oferta inicial de ações por conta da forte procura. A nova faixa de preço para a venda dos seus papéis no IPO, que era de R$ 11,25 a R$ 11,60, será de R$ 11,25 a R$ 12,35. 

De acordo com informações do Valor Econômico, ontem à noite as ordens de compra no período de reserva somavam R$ 5 bilhões. A maior parte da procura vindo de gestoras de recursos nacionais. A grande dúvida fica, por enquanto, na conta da Gávea Investimentos, que havia se comprometido a alocar R$ 140 milhões na oferta contanto que a banda de preços ficasse no patamar de R$ 11,25 a R$ 11,60. O novo teto, segundo apurou o Valor, não agrada à gestora. 

Com a mudança, o valor estimado de volume da oferta saiu de R$ 500 milhões a R$ 567 milhões e agora pode até superar a marca dos 600 milhões, para os 44,444 milhões de papéis emitidos. 

Aprenda a investir na bolsa

Criada em 1973 como Fenae Corretora, a Par Corretora inicialmente tinha como função intermediar os seguros entre a Caixa e a Caixa Seguradora. Em 2009, o nome da empresa foi trocado para Par Corretora, dentro da criação do conceito de “Grupo Par”, tendo como finalidade o fortalecimento da relação entre as empresas PAR e os parceiros como Caixa e Caixa Seguradora. A empresa comercializa seguros pessoais e empresariais usando a estrutura do banco estatal e centrais de web chat e call center.