Papéis defensivos lideram a queda no fechamento em Frankfurt

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

O índice Dax30 da Bolsa de Frankfurt operou em forte oscilação sem seguir uma tendência única até o fechamento. Antes do fechamento alemão, o Nasdaq Composite (-0,35%) e o Dow Jones (-0,20%) operavam em queda, também com volatilidade. O índice Dax30 fechou nesta quarta-feira apresentando queda de 0,23%, cotado a 6.706,67 pontos. Os principais destaques entre as maiores baixas do dia foram os papéis das empresas químicas, seguidas pelas seguradoras e pelas montadoras.

Dentre as ações que fecharam o pregão de hoje desvalorizadas, estavam as fabricantes de produtos químicos Henkel (-3,18%), Basf (-2,11%) e Degussa Huels (-0,60%); as seguradoras Allianz (-1,66%) e Munich Re (-1,59%) e as montadoras Volkswagen (-1,50%), BMW (-1,30%) e DaimlerChrysler (-0,63%). A Deutsche Telekom anunciou ontem prejuízo referente ao quarto trimestre de 2000 maior que o esperado e por conta disso, suas ações fecharam em forte queda de 3,16%. Outras baixas ficaram com o conglomerado de serviços básicos RWE (-2,47%), a farmacêutica Schering (-2,04%), a varejista Metro (-2,02%) e o banco HVB (-1,34%).

Em contrapartida, os principais destaques de alta são para os papéis da SAP (+7,45%). A maior fabricante européia de software anunciou ontem lucro melhor que o esperado pelo mercado. A cotação dos papéis da SAP no fechamento de hoje atingiu o maior nível em dois meses. Outros papéis que fecharam o pregão valorizados foram os das instituições financeiras Commerzbank (+1,36%), Deutsche Bank (+1,33%) e Dresdner Bank (+0,84%) e das empresas ligadas à tecnologia como a Siemens (+0,80%) e as fabricantes de semicondutores Infineon (+0,64%) e Epcos (+0,08%).

Compartilhe