Pão de Açúcar é destaque em Nova York

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

Os ADRs do Pão de Açúcar negociaram hoje na Bolsa de Nova York o equivalente a 41,14 vezes o seu volume registrado na Bovespa. Enquanto na bolsa paulista as ações da empresa varejista giraram aproximadamente R$ 2,2 milhões, os recibos da companhia negociados na NYSE totalizaram o equivalente a R$ 90,7 milhões aproximadamente. Outro destaque foi a Ultrapar, cujos ADRs negociaram 67,8 vezes mais nos EUA do que na bolsa paulista.

Entre as empresas que obtiveram maior volume no mercado acionário brasileiro, destaque para a Tele Norte Celular, que totalizou R$ 2,29 milhões em negócios na Bovespa, contra apenas R$ 187 mil em ADRs, além de Gerdau que tradicionalmente negocia muito mais internamente.

O volume total de hoje na Bovespa envolvendo as 24 empresas brasileiras que possuem ADRs somou R$ 248,48 milhões. Essas mesmas empresas movimentaram com seus ADRs na bolsa de Nova York um volume equivalente a R$ 387,45 milhões, montante bem superior ao negociado na bolsa paulista.

Os ADRs, abreviação para American Depositary Receipt, são recibos negociados no mercado norte-americano de empresas não provenientes daquele país. Empresas lançam esses recibos com o intuito de expandir sua base de investidores, aumentando a liquidez das ações. Para isso, elas determinam um custodiante do país onde os ADRs serão emitidos (no caso Estados Unidos), o qual se encarregará de colocar os recibos correspondentes às ações daquela empresa no mercado. Os ADRs podem ser negociados no mercado de balcão ou listados na Bolsa de Nova York, o que aumenta consideravelmente sua liquidez.

Compartilhe