PagBank (PAGS34) vê lucro líquido acelerar em 2024 após alta de 20% no 4º tri

A receita líquida cresceu 10% ano a ano, para 4,35 bilhões de reais, com forte crescimento da adquirência

Reuters

(Shutterstock)
(Shutterstock)

Publicidade

SÃO PAULO (Reuters) – O PagBank , antigo PagSeguro (PAGS34), disse na quarta-feira que prevê lucro líquido recorrente até 22% mais alto em 2024, uma aceleração em relação ao crescimento em 2023, após seu lucro do quarto trimestre vir acima da expectativa de analistas.

O PagBank, que atua como adquirente e banco digital, disse que espera lucro líquido recorrente entre 2,05 bilhões de reais e 2,15 bilhões de reais em 2024, após alta de quase 11% no ano passado, para 1,77 bilhão de reais.

A projeção vem após a empresa registrar lucro líquido acima do esperado no quarto trimestre, impulsionado por um aumento de 21% em seu volume total processado (TPV).

Continua depois da publicidade

O presidente-executivo do PagBank, Alexandre Magnani, disse a jornalistas nesta quarta-feira que o crescimento do TPV no trimestre se deu devido a uma reestruturação que a empresa fez no primeiro semestre de 2023, que incluiu aumentos de preços e cerca de 700 demissões.

O executivo disse que essa medida permitiu à empresa retomar a aceleração de seus negócios no segundo semestre do ano por meio de iniciativas como o lançamento de novos produtos e o fortalecimento da equipe de vendas em certas regiões do Brasil.

O PagBank também prevê que o TPV de 2024 cresça entre 12% e 16%, enquanto os investimentos devem ficar quase estáveis entre 2 bilhões de reais e 2,2 bilhões de reais.

Continua depois da publicidade

A companhia registrou lucro líquido contábil de 488 milhões de reais no quarto trimestre, um avanço de 20% na comparação com o mesmo período de 2022. O lucro líquido recorrente, que desconsidera um plano de opção de compra de ações de longo prazo para executivos, foi de 520 milhões de reais.

Analistas consultados pela LSEG esperavam, em média, lucro líquido de 473,8 milhões de reais.

A receita líquida cresceu 10% ano a ano, para 4,35 bilhões de reais, também acima das estimativas.