Balde d'água fria?

Os dois grandes erros do anúncio surpresa da Gerdau: da alta de até 7% ontem para queda na bolsa hoje

Analista explica por que o mercado recebeu como um balde d'água fria o anúncio, nesta manhã, sobre a saída da família Gerdau da direção-executiva da empresa e a escolha de um novo CEO

SÃO PAULO – Uma convocação surpresa na reta final do pregão de ontem puxou uma disparada das ações da Gerdau (GGBR3GGBR4) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4) – esses papéis fecharam em alta de até 7,42%. O mercado esperava que a empresa anunciasse uma melhora em sua governança corporativa com a simplificação de sua estrutura societária e ida ao Novo Mercado. A expectativa, no entanto, foi frustrada nesta manhã e os papéis das duas empresas operam no negativo hoje. 

Às 11h54 (horário de Brasília), as ações ONs e PNs da Gerdau caíam 0,43% e 0,17%, a R$ 11,55 e R$ 11,63, respectivamente, enquanto os papéis da Metalúrgica Gerdau recuavam 1,55%, a R$ 5,70. Ontem, os ativos GOAU4 fecharam em ganhos de 7,42%, a R$ 5,79.

O que a empresa anunciou e o que o mercado esperava?
A empresa informou uma mudança de gestão, com os membros da família controladora se afastando da direção-executiva das empresas e focando apenas nos conselhos de administração. De acordo com fato relevante, Gustavo Werneck da Cunha, atual diretor-executivo da operação Brasil do grupo assumirá como novo presidente-executivo. As mudanças passam a valer a partir de 1º de janeiro de 2018.

Segundo o analista Flávio Conde, da WhatsCall Research, a empresa não precisava ter feito um anúncio ontem – na retal final do pregão – de que faria um call hoje pela manhã sobre governança sem dizer exatamente o que era. “O anúncio foi decepcionante. Esperava-se um comunicado sobre melhora de governança corporativa com a simplificação societária e ida ao Novo Mercado. Mas tirar André Gerdau Johannpeter, que é de um dos ramos das famílias controladoras e fazia um ótimo trabalho, para colocar outro executivo do grupo, não é animador”, disse.

Na mesma linha, a equipe do análise do Itaú BBA comentava, em relatório desta manhã, que, embora o anúncio sinalizasse um passo positivo da empresa em termos de profissionalização de sua diretoria executiva, com os membros da família focados apenas nas estratégias de longo prazo da companhia, o mercado não deveria reagir bem à notícia, após forte euforia ontem, com alguns investidores cogitando uma possível migração ao Novo Mercado. 

Os dois grandes erros do anúncio da empresa
Para Conde, a Gerdau errou duas vezes no comunicado feito ontem: 1) 
ao anunciar um call antes do fim do pregão. Isso era para ter sido feito após o fechamento da sessão, como é praxe, evitando movimentações bruscas nas ações da companhia como ocorreu; e 2) ao não anunciar o assunto explicitamente, criando expectativas erradas. 

Para evitar essa forte oscilação nas ações, o analista comenta que a empresa deveria ter feito o anúncio da troca de CEO após o fechamento do pregão, ontem à noite, por meio de fato relevante, com o call com maiores detalhes sobre a mudança para esta manhã. 

Por fim, o analista comenta que acredita que esteja na hora de a empresa fazer uma simplificação societária, ter apenas uma companhia com ações na bolsa e, em seguida, transformar todos os papéis em ações ordinárias, listadas no Novo Mercado, a exemplo do movimento tomado pela Vale. “Todos os acionistas sairiam ganhando tanto controladores como minoritários porque companhias com apenas ações ordinárias com direito de 100% de tag along são mais valorizadas do que companhias com ações ordinárias e preferenciais e sem direito de 100% de tag along”, explicou.